Neymar ofereceu dinheiro do próprio bolso para voltar ao Barcelona

Por Rodrigo Almeida

A janela de transferências do mercado europeu se encerrou nesta segunda-feira, 2. E a novela envolvendo o camisa 10 da seleção brasileira, teve um final triste para o jogador.

Segundo o periódico Mundo Deportivo, o brasileiro tomou medidas drásticas para evitar a permanência em Paris. Desde o princípio, o PSG demonstrou não estar nem um pouco feliz em negociar a estrela do plantel com o Barcelona.

Os franceses pegaram birra do clube catalão por dois motivos: a virada épica comanda pelo próprio Neymar na Liga dos Campeões de 2017; e pela recusa do clube de não liberar o jogador quando os franceses pagaram a multa rescisória no início da temporada 2017/ 2018.

neymar Reprodução/ Twitter

E o desfecho não podia ser outro. O Barça chegou a oferecer jovem Ousmane Dembelé – que custou 150 milhões de euros ao clube -, mais 150 milhões em dinheiro (cerca de 684 milhões de reais) pelo brasileiro.

Prontamente negados pelos parisienses, é claro. Que pediam mais dinheiro e mais jogadores. Numa manobra desesperada, o camisa 10, que treinava afastado do grupo, chegou a oferecer 20 milhões de euros (91 milhões de reais) do próprio bolso para voltar ao Barcelona.

Oferta novamente rechaçada pelo PSG. A dura realidade é que o brasileiro deve continuar na França contra própria vontade até que a janela se abra novamente em janeiro de 2020.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo