Pan-Americano: Vitória no taekwondo garante a terceira medalha de ouro para o país

Por Fernando Valeika de Barros - Especial para o Metro Jornal

O primeiro domingo dos Jogos Pan-Americanos de Lima prometia mais medalhas de ouro para o Brasil, mas ela só veio uma vez, e no finalzinho do dia, com Edival Marques, o Netinho, que conquistou o ouro no taekwondo na categoria até 68kg após vencer final emocionante contra o dominicano Bernardo Pie por 17 a 14.

Oitavo colocado do ranking mundial, Netinho era o principal candidato ao título em Lima, mas teve vida difícil. Venceu apertado o primeiro round por 2 a 1. No segundo, o dominicano cresceu muito e fechou por 11 a 5. No último, o brasileiro fez uma luta perfeita, acertou chutes e virou, fechando em 17 a 14.

Com o título do paraibano de 21 anos, o Brasil chegou a três medalhas no taekwondo em Lima (Talisca levou a prata e Paulo Ricardo ganhou o bronze).

Frustração

Mas nem tudo foi ouro para o Brasil ontem. Para começar Henrique Avancini, ciclista de mountain-bike mais bem colocado no ranking da categoria entre os participantes, teve uma maratona de problemas, com quebra na suspensão na largada e pneu furado, e ficou com a prata.

“Esta medalha tem gosto amargo”, disse ele ao Metro Jornal.

Depois, havia a chance dupla no rúgbi de sete, feminino e masculino, mas elas se foram com derrotas na prorrogação para as mulheres, contra a Colômbia, e para os homens, contra os Estados Unidos. As duas custaram medalhas de bronze.

Teve bronze chorado

Nem tudo, também, foi tristeza em Lima, que começou promissor com a medalha de bronze para Jaqueline Mourão no mountain-bike feminino, que emocionou a atleta de 43 anos.

“Eu queria ter conquistado este pódio já em 2007, no Rio de Janeiro”, disse ela ao Metro Jornal, com lágrimas nos olhos. A medalha é mais uma para a extensa trajetória da ciclista, que tem seis participações em Olimpíadas e Jogos de Inverno, mas nunca tinha subido ao pódio no Pan.

Outro bronze veio ainda pela manhã, no tiro de pistola de ar 10 metros, para Júlio Antonio de Souza.

Não valeu medalha, mas no vôlei de praia, Ângela e Carol Horta venceram a dupla colombiana e estão na semifinal contra os Estados Unidos.

Com tanta má sorte junta em um dia, só resta torcer por dias melhores no Pan-Americano a partir de hoje. Veja ao lado alguns destaques do Brasil nesta segunda em Lima.

Programação desta segunda-feira (29)

Canoagem

Das 5h às 8h – Disputas das finais masculinas e femininas

Hipismo

Às 10h30 – Final masculina

Surfe

Às 11h e 13h40, respectivamente – Primeira rodada masculina e feminina

Vôlei de praia

Às 12h40 e 13h30, e às 16h50, respectivamente – Semifinal feminina e masculina

Tênis

A partir das 16h – Primeiras rodadas das disputas nos individuais masculino e feminino, e também nas duplas

Ginástica artística

Às 15h – Final feminina do concurso individual

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo