Cristiano Ronaldo não será incriminado por estupro

Por Ansa

O craque Cristiano Ronaldo, da Juventus, não será indiciado por estupro, informou nesta segunda-feira (22) o promotor Steve Wolfson. O atleta foi denunciado pela ex-modelo norte-americana Katheryn Mayorga, que o acusava de tê-la violentado em Las Vegas, em 2009.

“Com base numa reavaliação da informação apresentada a esta data, as alegações de agressão sexual contra Cristiano Ronaldo não podem ser provadas para além de dúvida razoável. Por esse motivo, não será apresentada uma acusação”, diz o comunicado da procuradoria do condado de Clark, estado norte-americano de Nevada.

Segundo o documento, a vítima teria se recusado a identificar o suposto agressor ou o local do crime, o que impossibilitou os investigadores de "procurar provas vitais". Além disso, provas em vídeo, mostrando as interações entre a vítima e o agressor antes e após o alegado crime, se perderam.

O comunicado também aponta que "durante um período de oito anos, a polícia não ouviu nada mais da vítima sobre o crime ou o agressor. E a investigação criminal foi encerrada”. Apesar de ter chegado a um acordo extrajudicial com a modelo, em 2010, Cristiano Ronaldo sempre negou o estupro.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo