Leclerc critica ultrapassagem de Verstappen no GP da Áustria: 'Não foi desportiva'

Por Ansa

O piloto Charles Leclerc, da Ferrari, criticou a manobra de Max Verstappen, da Red Bull, para ultrapassá-lo no Grande Prêmio da Áustria de Fórmula 1.

"Ele tinha feito uma tentativa na mesma curva na volta anterior, mas tinha me deixado espaço. A segunda tentativa não me pareceu desportiva. Agora quero ir para casa e esperar o veredito", declarou Leclerc.

Já o chefe de equipe da Ferrari, Mattia Binotto, afirmou que tem "confiança" nos comissários de prova. "A situação e os elementos são claros, límpidos. Podemos apenas esperar", disse.

Verstappen, por sua vez, se defendeu e declarou que foi uma disputa normal. "Se não pudermos fazer essas ultrapassagens, é melhor fechar a Fórmula 1", salientou. Na manobra, o holandês fez uma ultrapassagem por dentro e espalhou o carro para empurrar Leclerc para fora da pista.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo