Copa feminina: Marta está confirmada no duelo decisivo do Brasil diante da Itália

Por Fernando Valeika de Barros - Da França, para o Metro

A derrota por 3 a 2 para a Austrália, de virada, em Montpellier, ainda demorará para sair da cabeça das jogadoras da Seleção. Mas, a menos que uma nova tragédia aconteça nesta terça-feira (18), às 16h, em Valenciennes, Marta e suas companheiras dificilmente sairão de campo eliminadas contra a Itália.

Graças à vitória por 3 a 0 contra a Jamaica, na primeira rodada, o time está com um pé nas oitavas de final. Como os quatro times com melhor campanha entre os terceiros melhores colocados nos seis grupos se classificam, um empate com as italianas praticamente garante o Brasil na próxima fase. Também conta a favor o saldo positivo de dois gols. Se vencer as italianas e a Austrália não conseguir golear as jamaicanas, o Brasil pode até terminar em primeiro no Grupo C.

Mesmo assim, a Seleção vive dias de tensão. Daqueles em que basta uma frase para que o ambiente pegue fogo. Foi o caso de uma declaração da ex-técnica do Brasil, Emily Lima, ao portal UOL. Atualmente treinadora do Santos, ela disse que não convocaria Marta “se ela não estivesse 100% fisicamente”.

Na última entrevista coletiva, antes do jogo contra asitalianas, ontem, Marta partiu para cima. “Foi uma declaração sem conhecimento nenhum, de quem não acompanha o meu trabalho”, disse a camisa 10 que jogará nesta terça. “Será um jogo de vida e morte para nós. E eu estou bem”, garantiu.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo