Copa América: Brasil enfrenta a Venezuela para garantir classificação

Por Metro Jornal

O Brasil começou bem na Copa América com a vitória por 3 a 0 sobre a Bolívia no Grupo A. Nesta terça-feira (18), às 21h30, os comandados de Tite encaram a Venezuela e, se vencerem, ficam com uma mão na vaga nas quartas de final. Na mesma chave, os bolivianos encaram o Peru às 18h30, no Maracanã.

Para o duelo, o treinador confirmou apenas uma mudança em relação à escalação da estreia: recuperado de lesão, Arthur entra e Fernandinho vai para o banco de reservas. Assim, o Brasil vai a campo com: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís; Casemiro, Arthur e Philippe Coutinho; Richarlison, David Neres e Roberto Firmino.

Outra certeza é a volta do uniforme número 1, com camisa amarela, calção azul e meião branco. Na estreia, o Brasil jogou com camisa branca, em homenagem ao primeiro título sul-americano, de 1919.

Quem falou sobre o confronto foi o técnico venezuelano Dudamel: “Jogar de igual para igual com o Brasil é uma loucura. Sabemos o que é o Brasil. Temos que tentar realizar nosso jogo, com muita segurança. Competiremos, desfrutaremos e aprenderemos muito.”

Valores revelados

Quase três dias depois do jogo de abertura da Copa América, o COL (Comitê Organizador Local) do torneio se manifestou sobre a disparidade entre renda e público no jogo Brasil x Bolívia, que teve 46.342 pagantes e uma arrecadação de R$ 22.476.630.

O COL confirma que, ao contrário do que dito anteriormente, não foram vendidos todos os 60.340 ingressos. A organização diz ainda que 1.277 pessoas pagaram pela entrada, mas não foram, e outras 3.050 ganharam os ingressos, mas também não entraram no estádio.

O alto valor da renda também foi justificado, graças a venda de camarotes, que arrecadou mais de R$ 6 milhões. Os valores de ingressos comuns ficaram em cerca de R$ 16 milhões arrecadados, com média de R$ 368,47 para a entrada “comum”.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo