Ninho do Urubu é totalmente liberado para uso do Flamengo

Por Metro Jornal

O Centro de Treinamento do Flamengo, conhecido como Ninho do Urubu, foi totalmente liberado pela Justiça do Rio de Janeiro nesta sexta-feira (24). O espaço estava parcialmente interditado desde o incêndio de fevereiro, que matou 10 jogadores de categorias de base.

Em abril, parte do espaço foi reaberta para treinos, mas ainda não era possível dormir nas instalações. Com a decisão do juiz Pedro Henrique Alves, da 1ª Vara da Infância da Juventude e do Idoso, o uso pernoite no local voltou a ser liberado, assim como os espaços destinados ao alojamento e à concentração – tanto para a base quanto para os atletas profissionais.

Veja também:
Incêndio em centro comercial na Índia mata 21 estudantes
Apartamento no Chile onde família morreu não passava por vistoria há 15 anos

A autorização faz parte de uma TAC (Termo de Ajuste de Conduta), acordo feito entre o Ministério Público e o Flamengo na terça-feira (21). O documento tem apontamentos do Corpo de Bombeiros, Secretaria de Urbanismo e Vigilância Sanitária.

A liberação obriga o clube a garantir condições mínimas de saúde, segurança, alimentação e educação aos atletas de categorias de base. Outras medidas são a presença de dois monitores do Flamengo durante a noite, com treinamento em caso de emergências.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo