Ex-jogador do Boca Juniors diz que sofria preconceito no clube por ser vegano

Por Rodrigo Almeida

Volante de pegada forte e muita dedicação, o colombiano Seba Pérez deu uma entrevista à ESPN dizendo que muitos dentro do clube não aceitavam sua decisão dentro do clube.

Depois de vencer a Libertadores com o Atlético Nacional, o colombiano rumou para o Boca Juniors em 2015 e, ao contrário do destaque com o time colombiano, a passagem pelo time xeineze foi marcada por várias lesões.

Segundo Pérez, algumas pessoas dentro do clube argentino não se conformavam e diziam que “como é possível o camisa 5 do Boca ser vegano? Tem que comer carne”. Pérez diz ter escolhido este estilo de vida justamente quando estava lesionado.

O volante relata a mudança de alimentação como um dos motivos que o fez se recuperar mais rápido, ter mais energia nos treinamentos e se sentir melhor fisicamente. No entanto, ele comenta que o tratamento recebido era negativo.

“Quando alguém se machucava era uma fatalidade e não diziam nada, mas quando eu me machucava, diziam que era por eu ser vegano.” O jogador ainda é atleta do Boca, entretanto, está cedido por empréstimo ao Barcelona de Guayaquil.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo