Sem cirurgia, Neymar para por dois meses e meio para tratamento de lesão

Por Metro Jornal com Band

Neymar não terá que passar por cirurgia e ficará dois meses e meio sem jogar fazendo um tratamento conservador da nova fratura sofrida no quinto metatarso do pé direito. Essa foi a decisão tomada pelo Paris Saint-Germain, anunciada nesta quarta-feira (30) em um comunicado oficial em seu site, após avaliação feita pelo departamento médico do clube francês juntamente com Rodrigo Lasmar, médico da Seleção Brasileira. Pesou também a vontade do atacante, que preferia este tipo de solução.

“Chegou-se a um consenso para propor a Neymar um tratamento conservador. Informado desta recomendação, o atacante brasileiro do Paris Saint-Germain estava em total concordância com o protocolo. Como resultado, o retorno aos gramados de Neymar é esperado dentro de 10 semanas”, informou a equipe.

Leia mais:
Secretário da Economia promete emprego e produtividade, mas não apresenta metas
Escape room no Morumbi apresenta sala VR com tema de Assassin’s Creed

Apesar da opção, a possibilidade de uma cirurgia não está totalmente descartada. Tudo dependerá do processo de cicatrização do jogador.

Nesse contexto, o atacante de 26 anos seguiu ontem para Barcelona para realizar mais exames. “É parte do protocolo médico estabelecido pelo PSG para tratar sua lesão”, explicou o clube.

Neymar instagram Jogador se manifestou nas redes sociais / Reprodução/Instagram

Em sua conta oficial no Instagram, Neymar publicou uma foto sem camisa e segurando muletas. Com a mensagem: “Típico filme de super-herói. Começa a parecer que vai dar tudo errado né, aí vem o final e nos mostra que lutar por seus objetivos, vem a vitória”

A lesão sofrida por Neymar é exatamente a mesma que ele teve no primeiro semestre de 2018, quando ficou afastado do futebol por cerca de três meses em recuperação e inclusive chegou a ter colocada em risco a sua participação na Copa do Mundo da Rússia, onde o Brasil parou nas quartas de final após perder para a Bélgica.

Com a confirmação do tempo de recuperação, Neymar só deverá voltar aos campos na metade de abril. Assim, está fora dos dois jogos contra o Manchester United, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, e dos amistosos de março da Seleção – um confirmado contra a República Checa, em Praga, no dia 26. A boa notícia é que o atacante voltará a tempo de jogar a Copa América, que será no Brasil, entre junho e julho.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo