Hamilton passeia e crava mais uma pole no Japão; Ferrari erra e Vettel sai em 8º

Por Estadão Conteúdo

Líder do Mundial, o inglês Lewis Hamilton não poderia pedir por um sábado melhor, na véspera do GP do Japão de Fórmula 1. O piloto se aproveitou da estratégia competente da Mercedes, cravou a pole position para a prova e ainda pôde celebrar um dia para ser esquecido da Ferrari, que verá Sebastian Vettel apenas na oitava colocação do grid.

O treino foi emocionante e decidido no Q3 graças à estratégia das equipes. A Mercedes soube ler perfeitamente o clima e colocou seus dois pilotos à frente, com Valtteri Bottas completando a dobradinha. Já a Ferrari cometeu erro inexplicável e terminou com Vettel em nono – seria beneficiado por uma punição a Esteban Ocon – e Kimi Raikkonen em quarto.

Melhor para o líder do Mundial, que assim fica mais perto de sua nona vitória na temporada, que seria a sexta nas últimas sete provas. Com o tempo de 1min27s760, Hamilton cravou nada menos do que a 80.ª pole da carreira, sendo a oitava nesta temporada e a quarta nas últimas seis corridas, prova de sua dominância nesta parte do Mundial.

O inglês foi o único a rodar na casa de 1min27s. Seu companheiro de equipe, ficou a quase três décimos de distância, mas foi o suficiente para ficar com a segunda posição, com o tempo de 1min28s059. O desempenho da Mercedes foi tão superior que o terceiro colocado, Max Verstappen, da Red Bull, ficou quase um segundo atrás, com 1min29s057.

Só então apareceu a primeira Ferrari, de Raikkonen, com 1min29s521. Sebastian Vettel ficou quase três segundos distante, com 1min32s192. Entre os dois, apareceram, respectivamente, Romain Grosjean, da Haas, Brandon Hartley e Pierre Gasly, da Toro Rosso, e Esteban Ocon, da Force India.

O treino mostrou que seria emocionante logo no Q1, com o acidente de Marcus Ericsson após somente oito minutos. Fernando Alonso, novamente sofrendo com os problemas de sua McLaren, foi um dos cinco eliminados da primeira parte da atividade e largará em 18.º.

Na segunda, quem sofreu foi Daniel Ricciardo, que viu sua Red Bull apresentar problemas e precisou deixar o treino, mostrando bastante frustração. O australiano sequer conseguiu marcar tempo e sairá na 15.ª colocação do grid.

No Q3, diante da promessa de chuva, a Ferrari decidiu arriscar e mandou seus pilotos à pista com pneus intermediários, mas a pista ainda não estava molhada o suficiente. Um erro que a equipe italiana ainda tentou corrigir, colocando pneus slick, mas aí a chuva já caía com mais força.

O resultado só não foi pior para Vettel porque Ocon foi punido com a perda de três posições por desrespeitar uma bandeira vermelha no treino livre, fazendo o alemão subir uma posição.

Quem não tinha nada a ver com isso era a Mercedes, que acertou na leitura do clima e da pista e mandou seus pilotos para o Q3 com pneus supermacios, permitindo que eles marcassem seus melhores tempos com o circuito ainda seco. Depois, quando a chuva caiu, a dobradinha já estava praticamente selada.

O GP do Japão está marcado para a madrugada de sábado para domingo às 2h10 (horário de Brasília). Hamilton chega como líder disparado do Mundial de Pilotos, com 306 pontos, seguido por Vettel, com 256, Bottas, com 189, e Raikkonen, com 186.

Confira o grid de largada para o GP do Japão:

1º Lewis Hamilton (ING/ Mercedes), 1min27s760
2º Valtteri Bottas (FIN/Mercedes), 1min28s059
3º Max Verstappen (HOL/Red Bull), 1min29s057
4º Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), 1min29s521
5º Romain Grosjean (FRA/Haas), 1min29s761
6º Brendon Hartley (NZL/Toro Rosso), 1min30s023
7º Pierre Gasly (FRA/Toro Rosso), 1min30s093
8º Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), 1min32s192
9º Sergio Perez (MEX/Force India), 1min37s229
10º Charles Leclerc (MON/Sauber), 1min29s864
—————————————————————
11º Esteban Ocon (FRA/Force India), 1min30s126*
12º Kevin Magnussen (DIN/Haas), 1min30s226
13º Carlos Sainz Jr. (ESP/Renault), 1min30s490
14º Lance Stroll (CAN/Williams), 1min30s714
15º Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull), sem tempo
—————————————————————
16º Nico Hulkenberg (ALE/Renault), 1min30s361
17º Sergey Sirotkin (RUS/Williams), 1min30s372
18º Fernando Alonso (ESP/McLaren), 1min30s573
19º Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren), 1min31s041
20º Marcus Ericsson (SUE/Sauber), 1min31s213

*Punido com a perda de três posições

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo