Coreias anunciam acordo para tentar candidatura conjunta para Olimpíada de 2032

Por Estadão Conteúdo

Em uma declaração conjunta nesta quarta-feira (19), Kim Jong Un, líder norte-coreano, e Moon Jae-in, presidente da Coreia do Sul, anunciaram que os países vão tentar apresentar em conjunto uma candidatura para sediar os Jogos Olímpicos de 2032.

Leia mais:
Cristiano Ronaldo recebe a primeira cópia do videogame Fifa 19
Champions League: Onde assistir ao vivo online o jogo Real Madrid x Roma

Os líderes coreanos também revelaram um acordo para "participar conjuntamente em competições internacionais", incluindo os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020. A ideia inicial partiu de Do Jong-hwan, ministro do Esporte da Coreia do Sul.

Esta iniciativa teria ganhado força após a Coreia do Norte participar dos Jogos Olímpicos de Inverno, em Pyeongchang, na Coreia do Sul, no início deste ano, o que ajudou a aliviar as tensões na península. Os países estão tecnicamente em guerra desde 1950, pois não foi assinado um Tratado de Paz, após a Guerra da Coreia.

Em 2000, nos Jogos Olímpicos de Sydney, na Austrália, as duas delegações desfilaram juntas na cerimônia de abertura. Neste ano, os países repetiram a atitude na Olimpíada de Inverno, em Pyeongchang, e nos Jogos Asiáticos, em Jacarta e Palembang, na Indonésia.

Além da organização de eventos, os países já atuaram em competições internacionais com atletas e equipes conjuntas.

Copa de 1930

O ministro sul-coreano Do Jong-hwan também tem um projeto para organizar a Copa do Mundo de 2030, junto com a China, que tem interesse em receber o torneio. Coreia do Norte e Japão também seriam convidados, segundo o ministro, para participarem da iniciativa.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo