"Racismo": Jogador da Copa do Mundo, Mesut Ozil pede saída da seleção Alemã

Por Wellington Botelho

Mesut Ozil, que atuou na Copa do Mundo Fifa 2018, anunciou neste domingo deixa a selação alemã por causa de "racismo". O jogador recebeu duras críticas por aparecer em uma fotografia com o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan.

A decisão do futebolista causou grande repercussão mundail. Enquanto alguns defenderam a posição do ex-jogador do Real Madrid, outros o castigaram duramente.

"Devidos aos recentes acontecimentos, não voltarei a jogar pela Alemanha enquanto sentir que sou alvo de racismo e desrespeitado. Antes, usava a camisa do meu país com orgulho, mas agora não mais".

"Mas, quando até os altos dirigentes da federação me tratam como trataram, desrespeitando as minhas origens turcas e me tornando, de forma egoísta, num objeto de propaganda política, não tenho outra opção", disse o jogador em suas redes sociais.

Mesut REUTERS/Hannah McKay
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo