Croácia é recebida com festa por milhares de torcedores em sua chegada a Zagreb

Por Estadão Conteúdo

Orgulhosos pela melhor campanha da história da Croácia em uma Copa do Mundo, milhares de torcedores recepcionaram com uma grande festa a seleção do país na chegada dos jogadores à capital Zagreb, nesta segunda-feira, um dia depois da derrota por 4 a 2 para a França na final realizada em Moscou.

Em sua grande maioria vestindo o tradicional uniforme quadriculado em vermelho e branco e exibindo bandeiras croatas, a torcida marcou presença em bom número já no aeroporto e depois acompanhou a carreata do time nacional rumo à praça central da cidade, que ficou lotada para saudar os vice-campeões mundiais.

Ao longo do trajeto realizado em um ônibus com a sua parte superior aberta, os atletas retribuíram o carinho dos fãs que gritavam os seus nomes e também distribuíram autógrafos para aqueles que conseguiram chegar perto do veículo em meio à multidão.

Em outro sinal de reconhecimento ao feito histórico obtido com o vice-campeonato mundial, jatos da Força Aérea da Croácia também escoltaram o avião que trouxe a seleção quando a aeronave entrou no espaço aéreo do país e sobrevoou Zagreb.

"Campeões! Campeões!", gritaram os torcedores aos jogadores antes de eles pisarem no tapete vermelho que foi estendido já na pista do aeroporto da capital croata e no qual os atletas andaram logo depois de saírem do avião.

Com uma população de cerca de 4 milhões de habitantes, a pequena Croácia foi tomada por clima de grande euforia desde a última quarta-feira, quando a seleção do país derrotou a Inglaterra por 2 a 1, em Moscou, e garantiu vaga na primeira decisão de Copa do Mundo de sua história. Até então, o melhor resultado do futebol do país havia sido o terceiro lugar no Mundial de 1998, na França.

A campanha de sucesso tem sido descrita como o maior feito da história do esporte croata, enchendo de orgulho a sua população e ajudando a unir um país que enfrentou uma guerra para se tornar nação independente na década de 1990, quando deixou de ser uma república da Iugoslávia após plebiscitos que garantiram uma vitória esmagadora aos separatistas em 1991. Porém, após conflitos sangrentos, o território croata chegou a ser ocupado por milícias sérvias. E apenas após intervenção militar da ONU para assegurar a paz nesta região, o país foi declarado como independente em 1992.

Para que a festa de recepção da seleção croata pudesse contar com o maior número possível de torcedores, a companhia estatal ferroviária reduziu pela metade o preço das passagens para Zagreb, enquanto autoridades da capital nacional anunciaram que o transporte público seria gratuito nesta segunda-feira.

A TV estatal croata também clamou para que os torcedores aproveitassem este "momento histórico" que é o retorno dos jogadores da seleção ao país. Já outros veículos da imprensa local descreveram os atletas como "nossos heróis" pela campanha na Rússia.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo