Copa do Mundo: Craque francês presta serviço 'quase voluntário' no mundial

Por Wellington Botelho

O jogador francês Thierry Henry pediu ao técnico da seleção da Bélgica, Roberto Martínez, para ser seu assistente na Copa do Mundo Fifa 2018.

E o trabalho é visto com bons olhos por todos os futebolistas, conforme informou o jornal argentino LaVoz.  O serviço é considerado quase voluntário, já que para ter um trabalho deste nível seria necessário desembolsar milhões para o pagamento.

"Ele é muito importante para nós, ele nos conta suas histórias e nos dá toda a sua experiência", disse o jogador Toby Alderweireld.

A Federação da Bélgica não tem um grande orçamento para ter um campeão mundial como assistente técnico. Segundo o jornal Mundo Deportivo de Barcelona, Henry cobra cerca de 8.000 euros por mês. O montante é consiedrado simbólico.

Carreira

Thierry Henry  tem uma carreira brilhante no futebol.

Ele jogou duas finais da Copa do Mundo com a França e foi campeão do Mundial de Paris em 1998.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo