Brasileiro assedia criança com frases homofóbicas

Por Metro Jornal

Assediar pessoas que não entendem português parece ter virado motivo de diversão para alguns brasileiros que estão na Rússia. Depois do caso mais famoso, onde um grupo incentivava uma estrangeira a falar de sua genitália, agora circula nas redes um brasileiro assediando uma criança com uma piada homofóbica. Na gravação, o homem pede ao garoto que fale frases como “ Eu sou um filho da…”, “Eu sou um v…”.

Não satisfeito, ele continua: “Eu dou para o Neymar.” A “prática” tem causado repercussão negativa ao Brasil. Os casos podem se tornar um problema jurídico no país-sede da Copa do Mundo. A jurista russa Alyona Popova entrou com uma denúncia após recolher assinaturas em uma petição que recrimina oficialmente o ato de alguns brasileiros no país.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo