Jesus alerta para favoritismo do Brasil: 'Não podemos achar que somos imbatíveis'

Por Estadão Conteúdo

Primeira seleção classificada para a Copa do Mundo pelas Eliminatórias e em alta desde a chegada de Tite, o Brasil chega como um dos grandes favoritos para o torneio na Rússia. Mas Gabriel Jesus não quer saber de assumir esta condição. O próprio jogador alertou para os perigos deste favoritismo exagerado.

"Todo mundo está colocando a gente como um dos favoritos. Mas tem outras seleções que vêm fortes também, que estão trabalhando bem. Então, não podemos colocar na cabeça que somos invencíveis, porque não é assim no futebol", declarou em entrevista à TV Globo.

Jesus é o titular da seleção de Tite e uma das apostas do País para buscar o hexacampeonato mundial. Aos 21 anos, o atacante do Manchester City irá disputar sua primeira Copa na carreira.

O jogador formado no Palmeiras não escondeu a admiração por Tite e apostou no técnico como possível diferencial na Copa. Afinal, foi com ele que ganhou espaço na seleção, a partir de 2016. O treinador também é considerado o grande responsável pela ascensão da seleção, após os resultados ruins sob o comando de Dunga.

"Prefiro que a seleção foque em seu objetivo. O Tite é um cara bem focado, bem trabalhador, sabe passar suas ideias. Todos os jogadores gostam dele e das ideias que ele tem. Por isso que tem dado certo", considerou.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo