Carille avisa que fará até 6 mudanças no time, mas só definirá formação no sábado

Por Estadão Conteúdo

O técnico Fábio Carille confirmou nesta sexta-feira, em entrevista coletiva no CT Joaquim Grava, que vai promover até seis mudanças no time titular do Corinthians para o duelo deste domingo, contra o Ceará, às 11 horas, na arena alvinegra, em relação à formação que iniciou o confronto diante do Independiente, quarta-feira, também em São Paulo, pela Copa Libertadores.

Devido ao desgaste físico provocado pela grande sequência de partidas e pelas viagens realizadas pela equipe nas últimas semanas, o treinador poupará titulares neste duelo válido pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, no qual o time hoje ocupa a vice-liderança, com seis pontos, um atrás do líder Flamengo.

"A equipe vai ser definida amanhã (sábado). Vão acontecer umas seis mudanças. Ainda não sei. É claro que tenho uma ideia na cabeça, mas estou esperando os departamentos médicos e fisiológicos", afirmou o comandante, se referindo ao fato de que ainda não sabe quais os jogadores mais oferecem risco de sofrerem lesões se forem escalados.

O time alvinegro fez seis partidas nos últimos 17 dias e vem de derrotas para Atlético-MG (1 a 0, em Belo Horizonte) e Independiente (2 a 1, na Arena Corinthians), sendo que disputará mais nove jogos até o final deste mês. E Carille não escondeu o descontentamento com o fato de que a sua equipe entrará em campo pela segunda vez neste Brasileirão em um duelo marcado para começar às 11 horas, quando o calor costuma ser intenso. Anteriormente, pela segunda rodada da competição, os corintianos golearam o Paraná por 4 a 0, em Curitiba, em confronto também foi iniciado no final da manhã.

"Não sei qual a ideia da CBF neste ano, mas no ano passado eles tiveram muito cuidado para que cada equipe fizesse dois jogos às 11h. Estamos indo para o segundo, acredito que vai ser o último neste horário", disse o comandante, pouco depois de dirigir um treinamento pela manhã.

Embora não tenha adiantado a escalação que pretende levar a campo no domingo, Carille confirmou que Gabriel e Maycon serão mantidos no meio-campo titular e indicou que existe a possibilidade de colocar o zagueiro Pedro Henrique como lateral-direito e sacar Sidcley para entrada de Juninho Capixaba na ala esquerda. Para completar, Marquinhos Gabriel poderá ter chance de começar entre os titulares e Pedrinho, xodó da torcida, ser confirmado no ataque.

Assim, uma provável formação corintiana poderá ser a seguinte: Cássio; Mantuan (Pedro Henrique), Balbuena, Henrique e Juninho Capixaba; Gabriel, Maycon, Marquinhos Gabriel, Mateus Vital e Jadson (Roger); Pedrinho. Recém-contratado, Roger poderia entrar no lugar de Jadson, outro que corre o risco de ser poupado por causa do desgaste físico.

Independentemente da escalação que escolher, Carille reconheceu nesta sexta que vem vivendo um dilema para optar pela melhor formação nas partidas, pois precisa levar em conta também o peso das competições para tomar essas decisões.

"Não sou de ficar lamentando, mas de buscar soluções. Coloco o Atlético-MG como um concorrente, então é difícil poupar. Muitas vezes somos julgados pelo resultado. Depois, num jogo de Libertadores, como você vai mexer? Está sendo um aprendizado grande para mim. O Brasileiro te dá chance de recuperação. Já a Copa do Brasil não dá chance de recuperação. Por isso preciso tomar esse cuidado neste momento", enfatizou.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo