Jogadores são expulsos do time após torturarem gato

Por Metro Jornal

Dois jogadores foram expulsos do Zulia FC, time da Venezuela, por maus tratos ao um gato. Imagens nas redes sociais mostram David Barreto girando o felino pelo rabo e o atirando na direção da janela, de um prédio de pelo menos dois andares. Pelas fotos, é possível ver que o animal se feriu, mas não se sabe se conseguiu sobreviver. Eduin Quero também foi expulso por ter publicado o vídeo na internet.

Em nota oficial divulgada na segunda-feira, o condenou os dois jogadores pelos maus tratos ao gato. Nesta terça, após análise interna, decidiu pela expulsão dos atletas.

"Se expulsa definitivamente da equipe David Barreto e Eduin Quero, por violar o regulamento interno do clube, realizando ações que tentaram contra os valores fundamentais desta instituição. Os jogadores já estão cientes da medida tomada por nossa Junta Diretiva. Vamos articular com a Associação de Futebol e o entorno dos mencionados jogadores para que possam ser avaliados psicologicamente e realizar qualquer ação que os ajude a reconduzir seus comportamentos, apesar que destes jogadores não pertencerem mais ao nosso clube", diz parte da nota.", diz parte da nota.

comunicado Comunicado Zulia publicado no Twitter / Reprodução
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo