Climão para Corinthians x São Paulo em Itaquera

Por Estadão Conteúdo

O diretor executivo de futebol do São Paulo, Raí, disse nesta segunda-feira que o treinador do Corinthians, Fábio Carille, tentou criar um clima tenso para o duelo de volta entre as equipes pelas semifinais do Campeonato Paulista, marcado para a próxima quarta-feira em Itaquera.

Após a vitória são-paulina no domingo no Morumbi por 1 a 0, o corintiano disse que o técnico Diego Aguirre foi mau educado por não tê-lo cumprimentado antes da partida. "Tivemos alguns acontecimentos extracampo, a coisa do Carille com o Aguirre. Nada sério. Achei desnecessário tornar público algo que eles conversaram", analisou Raí, em rápida conversa com jornalistas no CT da Barra Funda. "Me pareceu ali uma tentativa de criar um ambiente, um clima tenso para o jogo de volta."

Raí defendeu Aguirre e disse que o São Paulo deixará a polêmica para trás, focando no jogo de volta. "O Aguirre já falou bastante, deu todas as explicações e ficou evidente que não existiu nenhuma falta de respeito. Pelo contrário. O Aguirre eu conheço há muito tempo e é um dos treinadores que mais respeitam e que são elegantes. Tudo que está sendo comentado do nosso lado é para criar um clima de jogo, de um jogo bem jogado, de uma grande decisão e que seja um grande espetáculo."

O cartola disse não se preocupar com a possível repercussão do atrito entre os treinadores. "Alguns comentários pós-jogo, depois de uma derrota, que tem um jogo em seguida, isso nos leva a crer, claro que não posso afirmar isso, que existe alguma tentativa nesse sentido. Mas isso não está nos atrapalhando, só preocupa no aspecto geral, mas estamos atentos e colocando aqui nossas opiniões."

'Manteremos a postura'

Autor do gol do São Paulo na vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians no domingo, pela ida da semifinal do Campeonato Paulista, o meia Nenê minimizou nesta segunda-feira as polêmicas do clássico. A partida de volta está marcada para esta quarta, às 21h45, na Arena Corinthians.

Depois de marcar o gol, o jogador comemorou em frente ao técnico corintiano Fábio Carillle, irritando os reservas da equipe adversária. Além disso, o treinador alvinegro disse na coletiva pós-jogo que o comandante são-paulino, Diego Aguirre, foi mal educado por não tê-lo cumprimentado antes da partida.

"Clássico é assim. Mas faz parte. O que aconteceu ontem [domingo] foi conversado. Não houve desrespeito de nenhuma parte São coisas que acontecem", disse o jogador, em coletiva no CT da Barra Funda. "Na comemoração, até olhei para ele, mas não disse nada. Não tive intenção de incitar nada. É normal. Pressão sempre vai ter. Jogo lá e no nosso estádio. Faz parte."

Nenê contou detalhes da conversa que teve com o árbitro Raphael Claus no intervalo do jogo, que percebeu o clima esquentando na partida. "Sabemos o que é certo e errado. Somos seres humanos. Mas, às vezes, erramos. Mas temos de tentar dar o exemplo dentro e fora de campo, tanto que o árbitro veio conversar conosco ontem, para não deixar a rivalidade ultrapassar esse respeito dentro e fora de campo."

O meia afirmou que o São Paulo buscará vitória fora de casa, quando terá a vantagem do empate. "Temos de manter a postura, mesmo fora de casa. Sabemos como é difícil, mas vai definir nos detalhes. Temos de estar concentrados o tempo inteiro dentro de campo e esquecer o resto. É lutar do começo ao fim para conseguir essa classificação."

Para Nenê, o time deve esquecer a vantagem para não arriscar a vaga na final frente aos corintianos, que vêm eliminando o São Paulo de disputas de mata-mata desde 2000. "É uma vantagem, não muito grande. É como se fosse o primeiro tempo, agora é o segundo. Temos que tentar não levar gol e não deixar pressionar", disse o jogador.

"Vai ter pressão. Não sei o Aguirre, mas acho que vai querer que a gente continue da mesma forma nesse jogo. É importante não tomar gol. Acredito que a gente possa tentar fazer um gol e aí realmente encaminhar a classificação. A chave é estar focado, não deixar crescerem no jogo e não tomar gol."

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo