Seis pessoas são indiciadas por morte de torcedor corintiano

Por AE

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) confirmou que deteve seis torcedores do Santos identificados como autores da morte do torcedor do Corinthians, Danilo da Silva Santos, de 30 anos. Ele morreu após ser espancado por integrantes de uma organizada do Santos durante uma briga na tarde do último domingo (4) , em Itaquaquecetuba, na Região Metropolitana de São Paulo.

A Polícia Civil informou que 12 pessoas foram presas em flagrante, sendo que seis dos envolvidos foram indiciados por homicídio (sendo um deles menor de idade), enquanto os demais por dano.

“Além disso, responderão por rixa, associação criminosa e corrupção de menores. O grupo será encaminhado para audiência de custódia. Outras dez pessoas detidas, não reconhecidas, foram ouvidas e liberadas. O caso foi registrado na Delegacia de Itaquaquecetuba e está sendo investigado”, informou em nota a SSP.

A briga aconteceu antes do início da partida entre Santos e Corinthians, no Estádio do Pacaembu, pelo Campeonato Paulista, que terminou empatada: 1×1. O confronto foi na Estrada de Santa Isabel, em Itaquaquecetuba.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo