Lutadora trans vai enfrentar um homem no MMA: 'bati neles toda minha carreira'

Por Metro Jornal
Reprodução/Twitter
Lutadora trans vai enfrentar um homem no MMA: 'bati neles toda minha carreira'

A lutadora transexual Anne Veriato vai enfrentar Railson Paixão em uma polêmica luta de MMA no dia 10 de março, em Manaus.

A amazoense de 21 anos luta jiu-jitsu desde os 7 anos de idade e diz que nunca passou pela sua cabeça lutar contra outras mulheres.

"Se eu bati em homem toda a minha carreira, posso continuar batendo neles apesar do processo hormonal. Eu apenas saberei se sou boa depois de bater em homens", afirmou ao site MMA Fighting.

"Muitas pessoas do meu time lutam MMA já e eu queria fazer isso também. Quando eu entro para competir eles sempre pensam que estou na categoria errada, perguntam por documentos e tudo mais. Meus oponentes e os times deles perguntam: ‘Você vai lutar com ela? Ok, isso será fácil’. Sempre que eu ganho eles se desculpam. Eu continuei competindo e ganhando torneios e as pessoas começaram a me respeitar", disse.

No Brasil, existe uma grande polêmica envolvendo a jogadora de vôlei transsexual Tiffany, que disputa a Superliga de vôlei pelo Bauru. Ela foi autorizada a jogar entre as mulheres pela Confederação Brasileira de Vôlei, mas a decisão divide opiniões.

Loading...
Revisa el siguiente artículo