Novo carro da Williams para a F-1 promete evolução aerodinâmica

Por Estadão Conteúdo

A Williams se tornou nesta quinta-feira a segunda equipe do grid da Fórmula 1 a revelar o seu novo carro para a temporada deste ano, que começa no dia 25 de março, quando será disputado o GP da Austrália, em Melbourne.

O modelo FW41 foi apresentado em um evento realizado nesta noite em Londres, onde a tradicional escuderia inglesa trouxe a público aquele que é o primeiro monoposto totalmente projetado pelo diretor-técnico Paddy Lowe desde quando ele retornou ao time britânico no ano passado.

O novo carro da Williams será guiado pelo canadense Lance Stroll e pelo seu novo companheiro de equipe, o russo Sergey Sirotkin, que herdou a vaga aberta pelo brasileiro Felipe Massa, aposentado da F-1 depois do término da temporada passada.

A Williams também contará em 2018 com serviços prestados pelo polonês Robert Kubica, que fará o seu retorno à categoria máxima do automobilismo como piloto de testes e espera poder colaborar com a sua experiência para a equipe evoluir em relação ao ano passado. Em 2017, decepcionou com a quinta posição no Mundial de Construtores, com menos da metade dos pontos da Force India, a quarta desta disputa do campeonato.

O novo carro da escuderia inglesa traz uma pintura com um esquema de cores praticamente idêntico ao do ano passado, mas apresenta como principais novidades no seu design o chamado halo, a nova proteção frontal adotada para o cockpit, além da barbatana traseira fixada acima da tampa do motor desenhada em linha com as exigências do regulamento técnico da categoria.

Presente na apresentação do novo carro da Williams ao lado de Stroll, Sirotkin e Kubica, Lowe garantiu que o modelo representa uma importante evolução em relação ao do ano passado. "É muito empolgante trazer a todos o primeiro olhar para o FW41. O carro tem muitos novos recursos, e a maioria deles não são tão óbvios, mas externamente a equipe buscou um conceito aerodinâmico muito diferente, que nos permitiu progresso significante em desempenho aerodinâmico", afirmou o diretor-técnico.

Antes da Williams, a Haas se tornou na última quarta-feira a primeira equipe a apresentar um novo carro para a temporada de 2018. Os monopostos destas duas equipes serão vistos pela primeira vez na pista em 26 de fevereiro, quando começarão os testes coletivos da pré-temporada no circuito de Barcelona.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo