Médico da ginástica dos EUA já foi acusado de abuso por 265 mulheres, diz juíza

Por Estadão Conteúdo
Larry Nassar já foi condenado por pornografia infantil e enfrenta julgamento com acusações de abuso sexual em meninas - Reuters
Médico da ginástica dos EUA já foi acusado de abuso por 265 mulheres, diz juíza

Um novo julgamento do ex-médico da Federação de Ginástica dos Estados Unidos (USA Gymnastics), Larry Nassar, teve início nesta quarta-feira, e a cada dia vão aparecendo novos relatos de seus abusos. No primeiro dia de audiência em Charlotte, Michigan, a juíza Janice Cunningham informou que 265 mulheres já revelaram que foram vítimas do criminoso.

"Nós já temos 265 vítimas identificadas e um número infinito de vítimas no estado, no país e em todo o mundo", afirmou Cunningham. "Como resultado, ao permitirem a transmissão ao vivo e a participação por Twitter, todos os indivíduos podem fazer parte deste processo."

O julgamento iniciado nesta quarta-feira é referente aos casos de abuso protagonizados pelo ex-médico em um clube de ginástica chamado Twistar, localizado na cidade de Dimondale, em Michigan. Ao longo dos próximos dias, 60 mulheres ficarão frente a frente com Larry Nassar para confrontá-lo pessoalmente e relatar os crimes cometidos por ele.

O novo processo será bastante semelhante ao realizado na semana passada, quando 158 vítimas prestaram depoimento no julgamento de Nassar referente a sete casos ocorridos também em Michigan. Na ocasião, o ex-médico foi sentenciado a um período de 40 a 175 anos de prisão.

A primeira a prestar depoimento foi Jessica Thomashow, de 17 anos, que acusou Nassar de tê-la molestado pela primeira vez quando tinha nove. "Larry Nassar é mau. Larry Nassar é um criminoso do pior tipo.", disse. "Você se aproveitou da minha inocência e da minha confiança. Era meu médico. Por que? Me pergunto o tempo todo. O que fez foi perverso. Manipulou a mim e à minha família."

Outra vítima, Annie Labrie disse sentir "calafrios" com o que Nassar lhe fez, mas foi além e acusou um esquema na base da ginástica norte-americana para que estes casos aconteçam. Ela disse que os adultos ao seu redor, na época, lhe asseguraram que a única opção era esconder o caso. "A ginástica tem uma cultura específica que permite que pessoas como ele atuem", afirmou.

Este novo julgamento de Nassar deve durar três dias e a expectativa é que adicione de 25 a 40 anos à sua sentença. O próprio Nassar admitiu em novembro ser culpado de abusar sexualmente de três garotas e já havia sido condenado em dezembro do ano passado a 60 anos de prisão por posse de pornografia infantil.

Loading...
Revisa el siguiente artículo