Arsenal é responsável por Sánchez ter perdido exame antidoping, diz Wenger

Por Reuters
Catherine Ivill/Getty Images
Arsenal é responsável por Sánchez ter perdido exame antidoping, diz Wenger

O técnico Arsene Wenger disse nesta sexta-feira que o Arsenal é responsável pelo atacante Alexis Sánchez ter perdido um exame antidoping no dia que completou sua transferência para o Manchester United, e que a ausência do jogador aconteceu por conta de circunstâncias especiais.

Sánchez, de 29 anos, seria submetido a um exame antidoping no centro de treinamentos do Arsenal na segunda-feira, mas já havia viajado para Manchester para completar a transferência, que incluiu com que o armênio Henrikh Mkhitaryan fizesse o caminho contrário.

“Honestamente, do lado administrativo certamente ainda seria nossa responsabilidade porque, no dia, ele não teria saído, então talvez caiba a nós, sob nossa responsabilidade”, disse Wenger durante entrevista coletiva nesta sexta-feira.

“Eu não sei o que aconteceu, mas normalmente nós fazemos o nosso melhor para ter nossos jogadores disponíveis e coordenar bem”.

Wenger disse que o clube ainda não foi contatado pela Agência Antidoping do Reino Unido ou pela Associação de Futebol da Inglaterra, mas que o Arsenal não tem nada a esconder.

“Estou bem relaxado porque nós não temos nada a esconder aqui. Ele foi testado muitas vezes aqui, não há preocupações de que ele tem algum problema de doping, somente um dia ruim para ele ser testado”, acrescentou o técnico francês.

“É um evento especial para ele perder um teste antidoping porque ele certamente estará em outro lugar com seu empresário”.

Sánchez pode fazer sua estreia pelo Manchester United nesta sexta-feira na quarta rodada da Copa da Inglaterra contra o Yeovil Town, da quarta divisão, no Huish Park.

Loading...
Revisa el siguiente artículo