Sonhando com o retorno de Gabigol, Santos deixa vaga a camisa 10 na lista do Paulistão

Por Metro Jornal

O Santos anunciou a lista de inscritos para o Campeonato Paulista. Inicialmente, o clube selecionou 21 atletas – de um total de 26 possíveis – e mais oito da chamada lista B, que contempla jogadores nascidos até 1997 e que sejam da  base. Com um detalhe, a camisa 10 está vaga.

O desejo é entregar o número para Gabigol, que negocia o retorno à Vila Belmiro. O jogador, segundo o presidente José Carlos Peres, já tem um acerto com o Peixe, mas ainda é preciso um acordo com a Inter de Milão, com quem o atacante mantém vínculo.

Entre os principais destaques da lista estão a presença do zagueiro Cleber, emprestado ao Coritiba durante boa parte de 2017. Depois de reforçar o Bahia na última temporada, o centroavante Rodrigão também está de volta. Deve, inclusive, ser titular na estreia contra o Linense, amanhã. Contratado do Inter, o atacante Eduardo Sasha também foi confirmado.

Algumas ausências, contudo, também chamaram a atenção. É o caso do zagueiro Fabián Noguera, do volante Leandro Donizete e dos meias Rafael Longuine e Vladimir Hernández, que não devem ser aproveitados pelo técnico Jair Ventura.

Lá vem essa história…

No ano passado, apontado como a “4ª força do Estado”, o Corinthians não só venceu o regional como o Brasileiro. Agora, o técnico corintiano declarou que o posto pertence ao Santos por conta das perdas de jogadores importantes, como Lucas Lima e Ricardo Oliveira. Carille vê o Palmeiras à frente.

O comandante santista discordou: “Se for a quarta força e ganhar o que ele ganhou no ano passado eu quero ser. Mas olhar essa camisa, o Santos nunca vai ser a quarta força, nós não somos a quarta força, mas cabe mostrar isso dentro de campo. Vamos ver quando a bola rolar como vai ser.” 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo