Bellucci é suspenso por 5 meses por doping considerado acidental

Por Reuters

O tenista brasileiro Thomaz Bellucci recebeu uma suspensão retroativa de cinco meses por doping, mas não foi considerado culpado de “nenhum erro ou negligência significativos”, informou o Programa Antidoping do Tênis na quinta-feira.

Bellucci, que chegou ao auge de sua carreira ao atingir o 21º lugar do ranking mundial em 2010, mas caiu para a 112ª posição, apresentou uma amostra de urina durante o ATP 250 da Suécia do ano passado que continha hidroclorotiazida, que pode mascarar outras substâncias.

O tenista de 30 anos, que disse que o resultado positivo foi resultado de um suplemento vitamínico contaminado, se recusou a aceitar uma suspensão voluntária provisória e por isso foi liberado para competir enquanto aguardava a resolução do caso.

O Programa Antidoping do Tênis disse em um comunicado que aceitou o relato de Bellucci a respeito de como a substância proibida entrou em seu organismo.

A entidade também disse que seu período de suspensão é retroativo devido à admissão imediata do jogador e a atrasos de que não tem culpa.

Bellucci pode voltar a competir em 1º de fevereiro, o que significa que perderá o Aberto da Austrália, que acontece entre 15 e 28 de janeiro. O brasileiro, que nunca passou da segunda rodada em Melbourne Park, teria que jogar o qualifying para o torneio devido à sua atual posição baixa no ranking.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo