Pratto admite chance de sair do São Paulo

Por Estadão Conteúdo

O centroavante Lucas Pratto, do São Paulo, disse nessa terça-feira que se sente "seduzido" pelo interesse do River Plate, da Argentina, em repatriá-lo para o futebol do seu país. Em entrevista ao canal TNT Sports, de Buenos Aires, o jogador diz que colocará "coisas na balança" se a equipe argentina fizer uma proposta ao clube do Morumbi.

"Se o São Paulo estiver aberto a negociar, eu também colocarei as coisas na balança", disse Pratto. "E aí verei o que é melhor para mim. Se o River quer negociar, precisará chamar o São Paulo e negociar. Eu respeito muito o clube (São Paulo), não posso dizer que quero ir, mas me seduz o fato de o River querer me contratar. É uma questão entre os clubes. O que sei é aquilo que ouço da mídia."

O São Paulo detém 50% dos direitos econômicos de Pratto, negociados no ano passado. Outros 45% pertencem ao Atlético-MG, ex-clube do atleta, e 5% estão nas mãos de empresários. No mês passado, após o atleta ter sido sondado pelo Cruzeiro, o presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, disse que o clube não cogita negociar Pratto. A reportagem do Estado apurou que ainda não houve nenhuma proposta do River para tentar tirá-lo do São Paulo.

Uma possível volta de Pratto ao futebol argentino tem a ver com sua intenção de conseguir uma vaga na seleção comandada por Jorge Sampaoli para a Copa do Mundo de 2018. "Eu pensava que o treinador da seleção argentina acompanharia mais o futebol brasileiro, mas não foi assim. Eu gostaria de ter outra oportunidade. Eu estou contente que falem de mim, quer dizer que venho mantendo o nível, o que desperta o interesse de grandes clubes."

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo