'Saída de Neymar foi um dano para o Barça', diz Piquè

Por ANSA

Amigo pessoal de Neymar e ex-colega de clube, o zagueiro espanhol Gerard Piquè admitiu que a transferência do brasileiro ao Paris Saint-Germain (PSG) provocou "danos" ao Barcelona.

Leia mais:
Neymar volta aos treinos no PSG e reforçará a equipe no sábado
Neymar admite que reataria namoro com Bruna Marquezine

"Tenho uma ótima relação com Neymar, mas, quando ele foi embora, realmente gerou um dano para o clube. Sou seu amigo e tentei ser justo e honesto, mas, como torcedor do Barcelona, isso me machucou", disse Piquè em entrevista ao jornal inglês "The Telegraph". "É muito difícil encontrar um jogador que fique no mesmo clube por toda a carreira. Eles precisam de motivação, eles querem lutar por coisas novas. Eu sei que Neymar quer a Bola de Ouro, então eu acho que foi justo ele ir para Paris, onde é a estrela principal. Se ele for bem na Liga dos Campeões e no Campeonato Francês, tem chances de vencer", comentou o espanhol, que, no entanto, tentou convencer Neymar a ficar no Barcelona.

Na entrevista, Piquè também deu declarações sobre o movimento de independência da Catalunha, mas evitou falas polêmicas, já que recebera críticas e perdeu apoio de espanhois que são contrários à seperação da região. "Muita gente quer a separação da Catalunha da Espanha. Falamos de 50% e 50%. Por isso, quando tantas pessoas pensam de jeito diferente, é difícil encontrar uma solução que satisfaça a todos", disse o jogador.

Na época das campanhas para o plebiscito separatista, Piquè defendeu o direito da Catalunha de votar pelo seu futuro, chorou e até ameaçou sair da seleção espanhola de futebol.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo