Arthur admite sondagem do Real Madrid para tirá-lo do Grêmio

Por Estadão Conteúdo
Arthur se machucou na final da Libertadores e por isto não foi inscrito para o Mundial - Lucas Uebel/Grêmio
Arthur admite sondagem do Real Madrid para tirá-lo do Grêmio

Lesionado, Arthur não poderá estar em campo na decisão do Mundial de Clubes, neste sábado, mas se tornou protagonista de uma outra disputa entre Real Madrid e Grêmio, esta extracampo. O clube espanhol se tornou o mais novo interessado a tirar o volante de 21 anos do time gaúcho e já realizou as primeiras sondagens com os representantes do atleta.

Com isso, os dois principais rivais espanhóis já demonstraram o desejo de contratar o volante, uma vez que o Barcelona foi o primeiro a sondá-lo. "São dois grandes clubes. É reconhecimento do trabalho que venho fazendo do Grêmio. Fico muito feliz, mas deixo esta parte para conversarem com o Grêmio", declarou Arthur em entrevista à TV Globo, nesta sexta-feira.

A informação do interesse do Real Madrid em Arthur foi divulgada pelo diário espanhol Marca e, agora, confirmada pelo volante. De acordo com a publicação, o nome do brasileiro já teria sido aprovado por Zinedine Zidane e sua comissão técnica.

O jornal espanhol também afirmou que o próprio Grêmio teria interesse de negociar o volante com o Real, depois de reclamar publicamente da postura do Barcelona. O clube espanhol, também interessado no jogador, foi acusado de "desrespeito" pela diretoria gremista após o vazamento de uma foto do atleta com a camisa do time catalão.

Enquanto não tem uma definição sobre seu futuro, Arthur acompanhará de casa, em Goiânia, o confronto de sua atual equipe com aquela que pode ser sua nova casa. No sábado, o Grêmio terá a difícil tarefa de encarar as estrelas do Real Madrid em Abu Dabi, na final do Mundial de Clubes.

"Vai ser um jogão. Quem não queria jogar contra o Real Madrid? Craques do mundo inteiro jogando contra a gente", comentou o volante. "É o sonho de todo jogador disputar uma final de Mundial. É algo realmente mágico. Mas, infelizmente, não vou estar lá. Faz parte da profissão. Acho que é levantar a cabeça e focar na recuperação para voltar o mais rápido possível."

Loading...
Revisa el siguiente artículo