STJD aumenta suspensão de Felipe Melo e mantém as de Jô e Clayson

Por Estadão Conteúdo

O Campeonato Brasileiro continua nos tribunais. Nesta quinta-feira, o volante Felipe Melo e o atacante Clayson foram novamente julgados pela confusão no clássico entre Corinthians e Palmeiras e tiveram resultados distintos. O palmeirense pegou mais um jogo de suspensão e o corintiano continua com a pena anterior. O atacante Jô também foi julgado, por sanção aplicada após confronto com a Ponte Preta, e, assim como o companheiro de time, teve sua punição mantida.

Com a decisão, Felipe Melo, que havia pego um jogo de suspensão e que já tinha cumprido a pena, foi condenado a mais um jogo de gancho. Assim, ele terá que ficar ausente em mais uma partida em competições organizadas pela CBF (Brasileiro ou Copa do Brasil).

Quanto a Clayson, o jogador teve a pena de um jogo de suspensão mantida. Assim, ele está livre para atuar normalmente. Ambos já tinham sido julgados, mas a procuradoria fez o pedido para a realização de um novo julgamento, por não ter concordado com o resultado.

Ambos foram denunciados por causa de uma confusão no intervalo do clássico entre as duas equipes. Imagens divulgadas mostram Felipe Melo arremessando uma munhequeira em direção a Clayson. Em outras cenas, o atacante aparece como se estivesse cuspindo na direção do palmeirense e a troca de agressões deu início a uma confusão na saída do gramado para os vestiários.

Outro corintiano que foi julgado nesta quinta-feira é o atacante Jô. O STJD decidiu manter a pena de um jogo de suspensão pela agressão ao zagueiro Rodrigo, que estava na Ponte Preta. Ele cumpriu a pena diante do Avaí e, por isso, está livre para jogar normalmente. No lance, que aconteceu aos 49 minutos do segundo tempo, Jô aparece dando uma solada em Rodrigo.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo