Ronaldinho Gaúcho deve disputar Senado com apoio de Bolsonaro

Por Ansa e Rádio Bandeirantes
Jeff Zelevansky/Getty Images
Ronaldinho Gaúcho deve disputar Senado com apoio de Bolsonaro

O ex-jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho deve disputar uma vaga no Senado pelo PEN, partido que apoia a candidatura do deputado Jair Bolsonaro à Presidência da República.

A informação foi publicada pelo colunista Lauro Jardim do jornal "O Globo" nesta quinta-feira (14). Até o momento, não há nenhuma confirmação oficial.

Segundo a nota, a decisão foi tomada em conjunto com o vice-presidente do Patriota, Gutemberg Fonseca, e outros dirigentes do partido. Ronaldinho deve oficializar sua candidatura por Minas Gerais em março do ano que vem. Além disso, de acordo com o jornal, o suplente de sua chapa será o também ex-jogador Somália, que já defendeu o América Mineiro e o Fluminense.

Ronaldinho nega

O irmão e empresário do meia Ronaldinho Gaúcho afirmou à Rádio Bandeirantes que o jogador não será candidato ao Senado. Segundo Roberto Assis, o partido Patriota, do deputado federal Jair Bolsonaro, apenas sinalizou que as portas estão abertas para o craque, caso ele tenha interesse em entrar para a política.

O irmão de Ronaldinho Gaúcho disse que o mesmo convite foi feito pelo Podemos, do amigo e senador Romário.

Loading...
Revisa el siguiente artículo