Nilmar pede demissão e Santos acerta rescisão contratual do atacante

Por Estadão Conteúdo

A curta e apagada passagem de Nilmar pelo Santos chegou ao fim nesta quarta-feira. O clube paulista acertou a rescisão contratual do atacante de 33 anos após pedido do próprio jogador, conforme anunciou em nota oficial. Os motivos que levaram ao término do vínculo, no entanto, não foram revelados.

"A rescisão do contrato de trabalho do atleta Nilmar decorreu de seu pedido unilateral de demissão", limitou-se a comentar a assessoria do clube, horas depois de o rompimento do vínculo ter sido publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.

Apesar da rescisão ter acontecido somente nesta quarta-feira, o contrato de Nilmar já havia sido suspenso pelo clube, também por pedido do próprio atacante. Em setembro, ele foi diagnosticado com depressão, pediu o afastamento das atividades e foi atendido pela diretoria alvinegra.

De lá para cá, o Santos aguardava a recuperação de Nilmar para determinar sua sequência com a camisa do clube. E por mais que não tenha sido divulgado o motivo, a rescisão com o time paulista coloca em dúvida o futuro da carreira do atleta.

Nilmar ficou em campo pelo Santos por menos de 40 minutos. Ele atuou em duas partidas pelo clube, contra Coritiba e Cruzeiro, pelo Brasileirão, sempre entrando no segundo tempo. O jogador havia sido apresentado no dia 10 de julho, após mais de um ano sem atuar profissionalmente.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo