Flamengo encara o Independiente na disputa pela Copa Sul-Americana nesta quarta-feira

Clube não conquista um torneio internacional desde a Copa Mercosul de 1999

Por Metro Jornal Rio de Janeiro

Após uma temporada de altos e baixos, o Flamengo encara hoje o seu maior desafio em 2017. O Rubro-negro enfrenta o Independiente, às 21h45, no Maracanã, pela final da Copa Sul-Americana. Em caso de título, o clube carioca encerra o jejum de conquistas internacionais que já dura 18 anos. O último triunfo foi a Copa Mercosul de 1999, contra o Palmeiras. Além disso, a equipe pode quebrar outro tabu ainda mais longo. Até hoje, apenas o Botafogo venceu um campeonato continental no Maracanã, na Copa Conmebol de 1993.

Para se sagrar campeão, no entanto, o clube carioca precisa reverter a vantagem do time argentino, que venceu o jogo de ida, em Buenos Aires, por 2 a 1. Se vencer por um gol de diferença, o Flamengo leva a decisão para a prorrogação. Vitória por dois ou mais gols de diferença garante que a taça fique na Gávea.

A boa notícia para os torcedores rubro-negros é que o atacante Éverton, um dos principais destaques da equipe na temporada, pode começar a partida como titular. “Éverton está disponível. Está a 500%. Teremos análise de vídeos hoje, e amanhã defino a escalação”, revelou o técnico colombiano Reinaldo Rueda.

Mesmo precisando da vitória, o treinador defende que os jogadores devem ter cautela. “Estamos enfrentando um time que faz ótimas transições e que tem bom contra-ataque. Cometemos o erro de não valorizar o 1 a 0 como visitantes. Levamos o gol pela emoção. Temos que saber que, se queremos algo grande, precisamos de equilíbrio, inteligência e controle de jogo”, disse Rueda.

Além de rubro-negros, outros torcedores também estão interessados na final desta noite. Em caso de título do Flamengo, o Vasco, sétimo colocado no último Brasileirão, garante vaga na fase de grupos da próxima Copa Libertadores, e o Atlético-MG, nono no nacional, ganha uma vaga na fase prévia da mesma competição. 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo