Lugano esvazia seu armário no CT e declara amor ao Tricolor

Por Metro Jornal
Maurício Rummens /Fotoarena/Folhapress
Lugano esvazia seu armário no CT e declara amor ao Tricolor

Depois de emocionar o Morumbi na sua despedida do São Paulo, domingo, no empate em 1 a 1 com o Bahia, o zagueiro Lugano novamente partiu o coração dos tricolores na segunda-feira (4). O “DIÓ5” foi até o centro de treinamento da Barra Funda esvaziar seu armário. As imagens de Lugano foram registradas por Rubens Chiri, fotógrafo oficial do clube.

“Foi difícil dormir essa noite, difícil concentrar. Impressionante o carinho que recebi da torcida e de todos envolvidos com o clube. Guardarei todos os momentos que vivi no São Paulo. Não sei se consegui deixar a marca que sempre sonhei. Sigo com paz interior, tranquilidade e alegria por ter dado tudo o que podia. Nunca esquecerei o São Paulo”, declarou o ídolo. Com 213 partidas, Lugano foi o quinto estrangeiro que mais atuou, atrás de Poy, Darío Pereyra, Pedro Rocha e Pablo Forlán.

Rogério Ceni, hoje técnico do Fortaleza, foi um dos que prestou homenagens ao ex-companheiro. No Facebook, o “M1TO” agradeceu: “Obrigado, Lugano, de coração, por ter dividido as maiores alegrias da minha vida pelos gramados do mundo contigo. A entidade SPFC, a sua torcida e seus companheiros jamais esquecerão a garra, a luta, a dedicação e suas conquistas. #eternocampeão.”

O contrato do  uruguaio, de 37 anos, termina no fim do ano e não será renovado. Ele diz que ainda não sabe se encerrará a carreira ou se procurará outro clube para atuar em 2018.

“Os últimos meses aqui foram tão lindos e intensos que não deu para pensar sobre mim. E nem quis. Queria me dedicar inteiramente ao momento”, disse.

Se decidir parar de jogar futebol, Lugano tem em mãos uma proposta para permanecer no clube como dirigente. Mas ainda não sabe se vai aceitar. A revelação foi feita pelo meio-campista Hernanes.

“Conversamos pouco, para ser sincero. Perguntei algumas vezes, ele disse que estava indeciso, avaliando as propostas. Mas se ele aceitasse seria bem bacana, porque ele é vivido no futebol, diferenciado, ajudaria muito o São Paulo nesse momento”, revelou durante a entrega da Bola de Prata, da ESPN Brasil. 

Lugano Arte
Loading...
Revisa el siguiente artículo