Num jogo sofrido, brasileiras superam Tunísia e vencem Mundial de Handebol

Por Estadão Conteúdo
Divulgação/Confederação Brasileira de Handebol
Num jogo sofrido, brasileiras superam Tunísia e vencem Mundial de Handebol

A seleção brasileira feminina de handebol precisou suar muito, mas conseguiu sua primeira vitória no Mundial da Alemanha neste domingo, em Oldenburg. Novamente longe de suas melhores atuações, a equipe ficou a maior parte do tempo atrás da Tunísia no placar, mas virou na reta final e levou a melhor por apenas um gol de vantagem: 23 a 22.

Foi a primeira vitória da seleção neste Mundial. Na estreia diante do Japão, no sábado, as comandadas de Jorge Dueñas viveram cenário semelhante, ficaram atrás do placar na maior parte do confronto e buscaram o empate no fim. O triunfo quase veio, mas um gol marcado no fim foi considerado inválido pois, segundo a arbitragem, o cronômetro já havia zerado.

Por isso, a importância do resultado deste domingo. O triunfo, aliado ao empate do sábado, mantém a seleção viva na briga pela classificação à próxima fase no Grupo C. A disputa, porém, não será fácil. Afinal, o Brasil terá pela frente nos próximos dias Rússia (terça-feira), Dinamarca (quarta) e Montenegro (sexta) como adversários.

Apesar do triunfo deste domingo, o início da partida foi desesperador para a seleção. Com muita dificuldade para furar a defesa tunisiana e sofrendo com a goleira Eya Ben Abdallah, o time brasileiro marcou apenas dois gols nos primeiros 13 minutos e viu o adversário abrir vantagem.

Aos poucos, porém, a seleção diminuiu o prejuízo, liderada por Duda, maior destaque do País no primeiro tempo. Só que a etapa final começou parecida com a primeira, a Tunísia se recuperou e voltou a abrir quatro gols de frente.

Foi então que apareceu a estrela da goleira Babi. A jogadora brasileira fechou o gol na segunda metade da etapa final e permitiu que a seleção reagisse. Ana Paula, no ataque, marcou os gols que a seleção precisava e o empate veio na reta final.

A própria Ana Paula, a poucos minutos para o fim, foi a responsável por colocar o Brasil à frente pela primeira vez. Erros da seleção tunisiana na reta final e uma linda defesa de Babi a segundos do estouro do cronômetro decretaram o importante triunfo brasileiro.

Loading...
Revisa el siguiente artículo