Tite evita falar em ‘grupo fácil’ do Brasil na Copa

Por band.com.br
Tite acompanhou o sorteio dos grupos da Copa (Foto: Divulgação/CBF)
Tite evita falar em ‘grupo fácil’ do Brasil na Copa

Após o sorteio realizado nesta sexta-feira, o Brasil será o cabeça de chave do Grupo E. Os rivais na Copa do Mundo da Rússia serão Suíça, Costa Rica e Sérvia. Para o técnico Tite, a Seleção Brasileira não deverá encontrar facilidade e precisará crescer nos próximos meses para chegar bem à competição.

Veja também
Possível Brasil x Alemanha na Copa do Mundo 2018 provoca palpitações nas redes
Brasil pega grupo ‘chato’ no sorteio da Copa
Qual seleção fará mais falta na Copa do Mundo 2018?

“A força dos grupos pode variar. Não tenho muitas condições de falar de como será o grupo. Precisamos fortalecer e crescer. Teremos respeito aos adversários, e com um fortalecimento nosso, jogaremos para criar variações táticas”, declarou Tite para jornalistas ao deixar o sorteio, em Moscou.

A estreia do Brasil será em Rostov-on-Don, contra a Suíça, no dia 17 de junho de 2018 (domingo), às 15 horas. No dia 22 de junho, o Brasil pega a Costa Rica, em São Petersburgo, às 9 horas. E a última partida da chave será em Moscou, contra a Sérvia, às 15 horas, no dia 27 de junho.

Analistas da Rádio Bandeirantes apontam a Costa Rica como a seleção mais fraca do grupo do Brasil. Tite, no entanto, não concordou muito. “A Costa Rica fez grande campanha no Mundial passado. É difícil fazer essa análise, [as forças do futebol] podem variar”.

Tite lembrou que grandes seleções ficaram de fora do Mundial. “Qual foi o melhor futebol dos últimos cinco anos da América do Sul? O Chile, que está fora da Copa. A Itália ganhou há três Copas, e hoje não está no Mundial. Os EUA investiram e estão fora. A Holanda ficou em terceiro na última Copa e também não está”.

Loading...
Revisa el siguiente artículo