Brasil pega grupo ‘chato’ no sorteio da Copa

Por band.com.br
Kai Pfaffenbach/Reuters
Brasil pega grupo ‘chato’ no sorteio da Copa

O Brasil conheceu os rivais no caminho pelo hexacampeonato. Em sorteio realizado nesta sexta-feira em Moscou, na Rússia, a Seleção Brasileira pegou uma chave “chata” e ficou como cabeça de chave no Grupo E. Os adversários serão Suíça, Costa Rica e Sérvia.

A estreia do Brasil será em Rostov-on-Don, contra Suíça, no dia 17 de junho de 2018 (domingo), às 15 horas. No dia 22 de junho, o Brasil pega a Costa Rica, em São Petersburgo, às 9 horas. E a última partida da chave será em Moscou, contra Sérvia, às 15 horas, no dia 27 de junho.

Leia também
Qual seleção fará mais falta na Copa do Mundo 2018?
Confira as personalidades que marcaram presença no sorteio
Pelé chega ao sorteio da Copa do Mundo em cadeira de rodas
Enquete: qual é o grupo mais difícil?

Sorteio definiu os grupos da Copa 2018 (Foto: Arte/Band) Sorteio definiu os grupos da Copa 2018 (Foto: Arte/Band)

O ex-craque argentino Diego Maradona foi um dos convidados para sortear os países. Ele 'ajudou' um pouco o Brasil ao evitar uma chave da morte. A Argentina, que se classificou apenas na última rodada, pegou uma chave um pouco mais difícil. Os hermanos estão na Chave D, com Islândia, Croácia e Nigéria.

Uma das principais adversárias do Brasil, a Alemanha caiu no Grupo F. Se os alemães forem primeiro da chave, assim como os brasileiros, um confronto entre ambos só ocorrerá na final.

O rival do Brasil nas oitavas de final sairá justamente do Grupo F. Além da Alemanha, a chave conta com México, Suécia e Coreia do Sul.

Abertura

O primeiro jogo do Mundial será entre equipes do Grupo A. A Rússia, país organizador, entrará em campo no dia 14 de junho, em Moscou, contra a Arábia Saudita. Os outros integrantes da chave são Egito e Uruguai.

Cerimônia com homenagens

Ex-jogadores foram lembrados no evento da Fifa. Pelé foi aplaudido ao ser citado. O Rei do Futebol tem problemas de saúde que dificultam a locomoção e se esforçou para responder às saudações. Ele, inclusive, foi abraçado e beijado pelo rival argentino Diego Maradona.

Loading...
Revisa el siguiente artículo