Raikkonen é o mais rápido em teste e Kubica completa 100 voltas com a Williams

Por Estadão Conteúdo
Kubica não corre na Fórmula 1 desde 2011, quando quase perdeu o braço direito em um acidente durante um rali - Clive Rose/Getty Images
Raikkonen é o mais rápido em teste e Kubica completa 100 voltas com a Williams

O finlandês Kimi Raikkonen foi o mais veloz do primeiro dos últimos dois dias de testes da temporada 2017 da Fórmula 1, nesta terça-feira. Assim como outros pilotos, o ferrarista utilizou os novos compostos da Pirelli na atividade realizada no Circuito de Yas Marina, dois dias após a corrida disputada na mesma pista, no GP de Abu Dabi. Um dos destaques da sessão foi o polonês Robert Kubica, que testou pela primeira vez o modelo deste ano da Williams.

Forte candidato a substituto de Felipe Massa na equipe britânica, Kubica completou 100 voltas no traçado localizado nos Emirados Árabes Unidos. Ele pilotou pela primeira vez o FW40, após participar de testes anteriores, com outros modelos da Williams. E alternou trechos mais longos e mais curtos, segundo as orientações da equipe.

Com os novos pneus macios da Pirelli, que ainda finaliza a preparação dos compostos para 2018, o piloto polonês registrou o oitavo melhor tempo do dia, com 1min41s296. Nesta quarta, ele vai dividir o carro da Williams com o russo Sergey Sirotkin e com o canadense Lance Stroll, já garantido na equipe para 2018.

Dos quatro candidatos a substituir Massa na Williams, Kubica é o que tem mais chances de fechar o acerto com a equipe – o alemão Pascal Wehrlein, o escocês Paul Di Resta e o russo Daniil Kvyat também estão na briga. As negociações estão encaminhadas, mas a equipe garante que não há nada certo ainda. O polonês não disputa um GP de F-1 desde 2010. Isso porque ele precisou se afastar da categoria às vésperas do início da temporada 2011 após sofrer um grave acidente de rali.

Enquanto Kubica fazia sua primeira experiência com os atuais carros da F-1, Raikkonen testava componentes que a Ferrari pretende implantar no modelo do próximo ano. Com estas novidades, o piloto finlandês anotou o melhor tempo desta terça, com 1min37s768, pouco acima do recorde da pista, estabelecido por Lewis Hamilton na sexta passada, com 1min37s627. Ao todo, ele completou 99 voltas no traçado.

Raikkonen cravou o bom tempo com os pneus hipermacios, que serão a novidade de 2018. Segundo a Pirelli, eles são dois "degraus mais macios" que os atuais ultramacios. Esta marca foi obtida no início do dia, no único período em que houve pequenos incidentes na pista. O espanhol Fernando Alonso saiu da pista com sua McLaren, o que causou a interrupção da atividade por alguns minutos. Sem maiores problemas, ele voltou para a pista depois.

O segundo mais veloz do dia foi o australiano Daniel Ricciardo. Com 109 voltas, o piloto da Red Bull registrou 1min38s066. O inglês Lewis Hamilton, campeão da temporada, foi o terceiro, com 1min38s551, em 123 voltas.

Quarto mais rápido, o francês Romain Grosjean obteve 1min39s137 com sua Haas. Ele foi o piloto que mais completou voltas no traçado de Abu Dabi nesta terça, com 137 giros. Stroll foi o quinto (1min39s580), Alonso obteve o sexto tempo (1min39s762) e o alemão Nico Hülkenberg (1min39s803) cravo a sétima marca.

Loading...
Revisa el siguiente artículo