Massa dá adeus à F-1 com sensação maravilhosa e não descarta ter cargo na FIA

Por Estadão Conteúdo
Clive Mason/Getty Images
Massa dá adeus à F-1 com sensação maravilhosa e não descarta ter cargo na FIA

Felipe Massa se despediu neste domingo da Fórmula 1 com o décimo lugar no GP de Abu Dabi. O piloto brasileiro fez uma boa prova e foi responsável pelos poucos momentos de emoção em uma das etapas mais monótonas da temporada. Após a corrida, ele agradeceu pelo carinho de todos durante os 16 anos na categoria e não descartou a possibilidade de assumir um cargo na Federação Internacional de Automobilismo (FIA).

Leia também
Massa pontua no adeus à Fórmula 1; Bottas ganha o GP de Abu Dhabi

"A sensação é maravilhosa. Posso dizer que estou muito orgulhoso de tudo o que conquistei nestes 16 anos. Disputei corridas incríveis, conheci pessoas espetaculares no paddock, corri contra os melhores pilotos do mundo. Para ser honesto, tenho muita sorte por ter tido tudo isso na minha vida", ressaltou.

Por ironia do destino, Massa travou uma boa batalha com o espanhol Fernando Alonso, da McLaren. Os dois foram companheiros de equipe na Ferrari, período em que o brasileiro teve de ouvir pelo rádio da equipe, durante o GP da Alemanha de 2010, a frase: "Alonso is faster than you (Alonso está mais rápido do que você)". Na ocasião, foi obrigado a abrir passagem para o espanhol ultrapassá-lo em polêmico episódio entre os dois.

A frase parece ter ressoado em Abu Dabi e Massa foi mais lento do que o piloto espanhol mais uma vez. O brasileiro largou em décimo, perdeu sua posição logo após a largada, mas, duas voltas depois, com um belo "X", superou espanhol da McLaren. Na 25ª volta, entretanto, o espanhol abriu a asa traseira de sua McLaren e ultrapassou o brasileiro.

Alonso terminou em nono e Massa, em décimo. Apesar de ter perdido a disputa, o brasileiro da Williams conseguiu fechar a prova na zona de pontuação e comemorou sua despedida. Ao lado dos carros da Mercedes de Valtteri Bottas e Lewis Hamilton, os dois primeiros colocados, Massa deu alguns "zerinhos" na pista ao cruzar a bandeirada.

"A corrida foi boa, lutei do início ao fim. Infelizmente perdi uma posição depois do pit stop, mas estou realmente feliz por tudo o que aconteceu", garantiu o brasileiro.

No total, Massa disputou 16 temporadas na Fórmula 1. Foram 269 GPs, com 11 vitórias e 16 pódios. Sua melhor temporada foi em 2008, quando terminou como vice-campeão após perder o título na última curva da última prova do ano, no GP do Brasil, em Interlagos. Dos 31 brasileiros que já correram na F-1, ele só tem resultados inferiores aos dos campeões mundiais Emerson Fittipaldi, Nelson Piquet e Ayrton Senna.

A trajetória do brasileiro também foi marcada por momentos difíceis. O maior deles ocorreu no treino classificatório do GP da Hungria de 2009. Uma peça do carro de Rubens Barrichello acertou sua cabeça e o tirou daquela e das oito corridas restantes daquela temporada.

FUTURO – Massa ainda não sabe o que fará daqui para frente, mas admitiu a possibilidade de trabalhar para a FIA. "Vou acordar pensando o que preciso arrumar para fazer", brincou. "Preciso entender direito o que posso fazer para ajudar. Algumas coisas eu posso fazer pela experiência que tenho como piloto. Vamos analisar ainda", finalizou.

Loading...
Revisa el siguiente artículo