Cavani e Neymar marcam, PSG bate Monaco e abre 9 pontos na liderança do Francês

Por Estadão Conteúdo
Eric Gaillard/Reuters
Cavani e Neymar marcam, PSG bate Monaco e abre 9 pontos na liderança do Francês

Com gols de Cavani e Neymar, o Paris Saint-Germain venceu o Monaco por 2 a 1, neste domingo à noite, fora de casa, e ampliou ainda mais o seu domínio no Campeonato Francês. O time da capital nacional chegou aos 38 pontos e abriu nove de vantagem sobre a equipe monegasca, que ainda caiu para o terceiro lugar. O novo vice-líder é o Lyon, que em outro duelo do dia goleou o Nice por 5 a 0, também como visitante, para chegar aos mesmos 29 pontos do Monaco, mas ficar em vantagem nos critérios de desempate.

Mesmo atuando fora de casa, o PSG foi para cima dos atuais campeões nacionais neste domingo e desde cedo criou grandes chances de abrir o placar. Pelos pés de Neymar, por sua vez, o time esteve muito próximo de marcar já aos 2 minutos, quando o astro brasileiro passou pela marcação de Fabinho e Tielemans e deu belo passe para Mbappé, que chegou a driblar o goleiro Subasic, mas chutou para fora do gol.

Depois disso, o PSG desperdiçou outras boas oportunidades, mas logo fez o seu primeiro gol com Cavani, aos 18 minutos. Após receber passe de Rabiot, Draxler cruzou rasteiro para o atacante uruguaio, que desviou para as redes para abrir o placar.

Após o gol, o time visitante seguiu melhor e continuava criando várias chances de ampliar, sendo que faltou pouco para isso ocorrer ainda na etapa inicial. No início do segundo tempo, por sinal, Neymar quase balançou as redes em trama iniciada por Mbappé que resultou em passe de Cavani para o brasileiro, que se livrou de um defensor e depois finalizou para acertar a trave esquerda de Subasic.

A pressão, porém, continuava e o PSG marcou o segundo gol pouco depois, após Neymar ser derrubado na área por Traoré. Pênalti, que o brasileiro bateu, com paradinha, para abrir 2 a 0.

Mbappé, em noite muito infeliz, não se cansava de continuar perdendo gols e, assim, mantinha o Monaco com esperanças de reagir. E a equipe da casa passou a sonhar com o empate ao descontar o placar aos 35 minutos. E, ironicamente, com participação negativa de Mbappé. João Moutinho cobrou falta, a bola desviou no atacante, que estava na barreira, e encobriu o goleiro Aréola.

O PSG, porém, conseguiu segurar o placar de 2 a 1 até o final e ampliou ainda mais a sua enorme vantagem na ponta do Campeonato Francês, no qual volta a jogar nesta quarta-feira, contra o Troyes, em casa. No mesmo dia, o Monaco pega o Nantes como visitante.

Loading...
Revisa el siguiente artículo