Pirelli revela dois novos tipos de compostos para Fórmula 1 de 2018

Por Estadão Conteúdo
Studio Colombo/ Pirelli/Fotos Públicas
Pirelli revela dois novos tipos de compostos para Fórmula 1 de 2018

A Pirelli confirmou oficialmente nesta quinta-feira que vai lançar a sua nova gama de pneus para a Fórmula 1 de 2018, nesta sexta, em Abu Dabi, onde será realizada no próximo domingo a última etapa do Mundial deste ano. A fornecedora única de compostos da máxima categoria do automobilismo revelou que haverá duas novas configurações de cores, que identificarão dois diferentes tipos de pneus que se somarão aos sete já existentes para 2017.

Por meio de comunicado divulgado nesta quinta-feira, a empresa italiana revelou que um destes novos compostos será ainda mais macio do que ultramacio utilizado nesta temporada e será chamado de hipermacio. Este será reconhecido por meio de uma faixa de cor rosa mais clara em suas laterais.

A Pirelli informou que trata-se do composto mais macio já produzido pela fabricante para a F-1, que também revelou a introdução de um outro tipo de pneu que passará a ser chamado de superduro e será identificado pela cor laranja, sendo que os duros que já vinham sendo usados terão a cor azul glacial.

Desta forma, a Pirelli passará a fornecer sete diferentes tipos de pneus para pista seca, além de outros dois (intermediário e de chuva), fazendo com que o número de cores para identificação das diferentes características suba para nove ao total. E a fornecedora revelou que todos os novos compostos disponíveis possuem um estágio mais macio que os de 2017, fazendo dos pneus de 2018 os mais velozes da história da Fórmula 1, segundo a fabricante.

"Há novas faixas de trabalho permeando toda a família. Isso, somado ao aumento do número de compostos, permitirá que a nomeação de pneus seja mais especificamente adequada para cada corrida no próximo ano. Para a Pirelli e as equipes, isso também significa que pode haver mais flexibilidade e variações nas escolhas de pneus, levando a oportunidades adicionais no que se refere a formular estratégias criativas de corrida", destacou a Pirelli no comunicado oficial desta quinta-feira.

Mario Isola, diretor mundial de automobilismo da Pirelli, também enfatizou a importância da introdução dos novos tipos de compostos e as razões para que os mesmos tenham sido lançados para a próxima temporada.

"Comparado a este ano, quando os pneus cresceram 25% para calçar uma nova geração de carros, as mudanças para 2018 são menos extensas. Contudo, temos o prazer de apresentar algumas importantes inovações, com compostos mais macios e velozes em toda a gama, incluindo o novo hipermacio. Percebemos que, levando-se em conta as circunstâncias únicas deste ano, alguns dos compostos de 2017 talvez fossem conservadores. Os pneus que criamos para 2018 abordam essa questão, em linha com o objetivo de ter cerca de duas paradas na maioria das corridas", disse o dirigente, que também ressaltou: "A nova gama é formada por pneus mais velozes, que devem levar a corridas ainda mais disputadas e espetaculares em 2018".

Os novos pneus da Pirelli serão submetidos a dois dias de testes em Abu Dabi e depois poderão ser usados pela primeira vez pelas equipes nas duas primeiras sessões de testes coletivos da pré-temporada, em Barcelona, entre 26 de fevereiro e 1º de março e entre 6 e 9 de março.

Loading...
Revisa el siguiente artículo