Filha de Maradona pode ser presa por ajudar a desviar dinheiro do pai

Por Metro Jornal
Montagem/Getty Images/Facebook
Filha de Maradona pode ser presa por ajudar a desviar dinheiro do pai

Diego Maradona está no meio de uma disputa judicial com sua ex-mulher, Claudia Villafañe, que é acusada de ter desviado dinheiro do jogador. A investigação, no entanto, pode envolver a filha dos dois, Gianinna Maradona, de 28 anos.

Em entrevista ao jornal argentino "Buenos dias América", o advogado do caso, Matías Morla, disse que a filha de Maradona pode ser presa preventivamente por obstrução de justiça.

Leia mais:
Demi Lovato aparece vestida de noiva e fãs especulam se o noivo seria Neymar
Neymar dança para Demi Lovato e ela publica vídeo

Maradona acusa a ex de ter roubado 80 milhões de pesos argentinos (cerca de R$ 15 milhões). O desvio da quantia teria acontecido logo após o divórcio dos dois, no período em que ela permaneceu como administradora do jogador.

O advogado disse que a evidência que aponta para o envolvimento de Gianinna seria uma viagem que ela fez ao Uruguai. "Ela deixou o país [Argentina] na segunda-feira, 31 de agosto, para ir ao Uruguai. Eu me pergunto: por que ela viajou no meio da investigação? No Uruguai nos informam que uma conta foi fechada e outra aberta. Nós, sem dúvida, pediremos a detenção preventiva dela".

O advogado ainda foi questionado se Maradona poderia interferir na prisão da filha de alguma forma. "Essa é uma determinação judicial. Ele não pode parar a investigação porque há um promotor, um juiz, o FBI. Na evasão fiscal, a vítima não é Maradona, é o Estado", explicou.

Depois da entrevista, Gianinna usou as redes sociais para mandar indiretas para o advogado. "Sabem onde eu moro. Venham quando quiserem", tuitou.

Confira:

Loading...
Revisa el siguiente artículo