Neymar marca dois, PSG faz sete no Celtic e segue soberano na Liga dos Campeões

Por Estadão Conteúdo
Neymar comemora com Cavani - Charles Platiau/Reuters
Neymar marca dois, PSG faz sete no Celtic e segue soberano na Liga dos Campeões

Quanto maiores as críticas e os questionamentos na França, mais Neymar resolve a favor do Paris Saint-Germain na Liga dos Campeões. Se as últimas atuações no Campeonato Nacional ficaram abaixo do esperado, o brasileiro segue soberano no torneio e decidiu novamente nesta quarta-feira. Marcou dois gols e levou o time ao triunfo por 7 a 1 sobre o Celtic, em casa.

Neymar foi bastante questionado neste início de semana por suas últimas exibições no Francês e por uma "noitada" no último sábado, que, de acordo com a imprensa do país, seria mais uma prova de seu desinteresse no clube. Mas na Liga dos Campeões, ninguém consegue pará-lo. Com os dois desta quarta, ele chegou a 27 gols marcados no torneio, se igualando a Rivaldo como segundo maior artilheiro do Brasil no torneio, atrás somente de Kaká, que tem 30.

E no embalo de Neymar, o PSG é o grande destaque desta Liga dos Campeões. Se já estava classificado às oitavas, manteve os 100% de aproveitamento, com 15 pontos, 24 gols marcados e apenas um sofrido, em cinco partidas. O Celtic parou nos três pontos e deve se contentar com uma vaga na Liga Europa.

Mas se a goleada foi tranquila, quem começou melhor foi o Celtic Logo após a saída de bola, Daniel Alves se atrapalhou, quase marcou gol contra e cedeu escanteio. Na cobrança ensaiada pela direita, Ntcham só rolou na entrada da área para Dembelé, que apareceu sozinho para finalizar firme. A bola ainda desviou em Cavani e Areola não conseguiu impedir o gol.

Só que a reação do PSG também veio rapidamente. Aos oito minutos, Rabiot roubou a posse no meio de campo, arrancou e deu ótima enfiada para Neymar. O brasileiro invadiu a área pela esquerda e bateu com pouco ângulo. A bola também desviou no meio do caminho para matar o goleiro.

A dupla voltou a funcionar aos 21 minutos, e o craque marcou novamente. A jogada começou com Rabiot, mas foi a rápida tabela entre Neymar e Verratti que deixou o brasileiro em ótimas condições para invadir a área e finalizar cruzado para o gol.

O equilíbrio, então, foi por água abaixo e o PSG disparou. Aos 27, Daniel Alves cruzou da direita, Neymar e Mbappé se atrapalharam e a bola tocou no brasileiro antes de ficar limpa para Cavani marcar. Sete minutos depois, Neymar cobrou falta, Marquinhos fez a bola chegar na direita e Mbappé bateu firme para marcar o quarto.

Os donos da casa só tiraram o pé no segundo tempo e ficaram meia hora sem marcar. Só que quando voltaram a balançar a rede, foi uma avalanche mais uma vez. Aos 30 minutos, Mbappé fez bela jogada pela direita e cruzou. A defesa afastou mal e Verratti bateu cruzado para deixar o seu.

Começaram, então, os golaços. Aos 33, Kurzawa cruzou da esquerda e Cavani emendou de primeira, cruzado, sem chances para o goleiro. Somente um minuto depois, Neymar fez linda jogada, deu chapéu no zagueiro e tocou para Cavani, que furou. Na sequência, Daniel Alves bateu bonito de fora da área para fazer o sétimo e selar o placar.

Bayern vence

Também já classificado, o Bayern de Munique visitou o Anderlecht na Bélgica e foi bem mais econômico, mas também venceu nesta quarta-feira. Lewandowski marcou o primeiro, Hanni empatou e Tolisso apareceu já na reta final para garantir o triunfo por 2 a 1 para os alemães.

O resultado levou o Bayern a 12 pontos, na segunda colocação da chave. Já o Anderlecht segue sem pontuar, mas ao menos pôde comemorar nesta quarta-feira seu primeiro gol marcado na competição.

Loading...
Revisa el siguiente artículo