Novotna, campeã em Wimbledon, morre após batalha contra câncer

Por Reuters
Jana Novotna - Julian Finney/Getty Images
Novotna, campeã em Wimbledon, morre após batalha contra câncer

A tenista tcheca Jana Novotna, que venceu o campeonato de Wimbledon em 1998 após ter perdido em duas finais anteriores, morreu aos 49 anos após uma longa batalha contra o câncer.

A Associação de Tênis Feminino (WTA) disse nesta segunda-feira que Novotna morreu no domingo acompanhada por sua família na República Tcheca.

Em sua carreira ao longo de 14 anos que incluiu 24 títulos simples da WTA e 76 títulos de duplas, Novotna venceu seu único Grande Slam em Wimbledon em 1998, depois de perder as finais de 1993 e 1997.

Ela conquistou os corações dos fãs em todo o mundo quando caiu em lágrimas depois de jogar fora sua vitória contra Steffi Graf em 1993. Ela foi consolada depois pela duquesa britânica, que previu que ela um dia seguraria o troféu.

A vencedora de 16 títulos de duplas em Grande Slam era um dos maiores nomes da história do tênis da República Tcheca.

“O mundo do tênis está muito triste pelo falecimento de Jana Novotna”, disse no Twitter a heroína checa do tênis Martina Navratilova. “Estou vazia e sem plavras –Jana era uma verdadeira amiga e mulher incrível.”

Navratilova lutou contra um câncer – um tumor de mama – em 2010, com Novotna a ajudou a passar pelo tratamento, uma experiência que as tornou amigas.

Novotna entrou no Hall da Fama do Tênis em 2005 e se manteve ativa no esporte, treinando jogadores como a campeã de 2013 de Wimbledon Marion Bartoli e a checa Barbora Krejcikova.

Loading...
Revisa el siguiente artículo