Brasil pode pegar grupo da morte na Copa; veja como serão os potes do sorteio

Por Metro Jornal
Michael Regan/Getty Images
Brasil pode pegar grupo da morte na Copa; veja como serão os potes do sorteio

Com a vitória da seleção peruana sobre a Nova Zelândia, na quinta-feira, por 2 a 0, a Copa do Mundo conheceu seu último dos 32 classificados para a disputa de 2018, na Rússia.

A partir de agora até o dia 1º de dezembro, quando acontece o sorteio dos oito grupos, em Moscou, surgem as especulações das possíveis chaves, com boas chances de “grupos da morte”, inclusive para o Brasil.

As seleções foram separadas de acordo com o ranking da Fifa divulgado em outubro deste ano. Um dos cabeças de chave do Pote 1, a Seleção já sabe que terá pela frente um desses cinco rivais do Pote 2: Espanha, Inglaterra, Croácia, Suíça ou México.

Peru, Colômbia e Uruguai, fazem parte do mesmo grupo, mas não podem entrar na chave do Brasil por serem do mesmo continente, segundo critérios da Fifa. A exceção para esta regra serve aos europeus, que em alguns casos terão, no máximo, duas seleções em cada chave do Mundial.

Dos Potes 3 e 4, qualquer uma das seleções pode ser rival do Brasil na primeira fase. Assim, Tite e companhia podem enfrentar um “grupo da morte”, com Espanha, Suécia e Nigéria, ou algo teoricamente mais fácil, com Suíça, Tunísia e Panamá.

Ou pode ser mais fácil

E, do mesmo modo que pode haver grupos difíceis, chaves um tanto sem tempero também podem acontecer. Já imaginou uma disputa entre Rússia, Croácia, Irã e Marrocos? A sorte está lançada.

pote 1

 

pote 3

Grandes ausências e segunda divisão da Copa do Mundo

A Copa do Mundo de 2018 ficará marcada também pelos países que não participarão dela. E a lista é de peso.

Da América do Sul, o Chile, campeão das duas últimas Copas América, está de fora. Assim como os Estados Unidos, força da América do Norte, que vinham se destacando nos últimos Mundiais e competições internacionais, mas não irão para Rússia.

No continente africano, Gana, Camarões e África do Sul são alguns dos nomes conhecidos que vão ter acompanhar a competição pela televisão.

Mas marcante mesmo são as ausências da Holanda, três vezes vice-campeã do mundo (1974, 1978 e 2010) e a tetracampeã Itália (1934, 1938, 1982 e 2006). Os italianos foram eliminados na repescagem pela Suécia, que já havia deixado os holandeses para trás na fase de grupos.

Começam a surgir boatos de um torneio amistoso nos Estados Unidos reunindo essas e outras seleções no período pré-Copa do Mundo, que ainda poderia incluir País de Gales e Irlanda. Segundo a emissora “Fox” e o jornal “USA Today”, a Federação de Futebol dos Estados Unidos estuda a possibilidade.

Caso criada, a competição não descarta a presença de seleções que estarão na Copa, já que seria uma ótima situação para treinamento. 

Loading...
Revisa el siguiente artículo