Em áudio, PM critica operação de segurança no GP do Brasil

Por Agostinho Teixeira - Rádio Bandeirantes
Ueslei Marcelino/Reuters
Em áudio, PM critica operação de segurança no GP do Brasil

Mensagens obtidas com exclusividade pela Rádio Bandeirantes revelam críticas da própria polícia à operação de segurança no GP Brasil de F-1.

Nos áudios, um PM afirma que houve ordens do comandante responsável pelo planejamento impedindo que os policiais saíssem dos postos.

O objetivo seria dar visibilidade ao que ele chama de “postos de marketing” da PM, e nem mesmo abordagens poderiam ser feitas, sob o risco de prisão.

Leia mais:

Doria diz que assalto à Mercedes serve de lição para os próximos anos

As mensagens obtidas pela Rádio Bandeirantes indicam ainda que os policiais estavam proibidos até mesmo de sair para ir ao banheiro, beber água ou se alimentar.

 Para o policial que fez a denúncia, a ordem pode ter facilitado a atuação de bandidos que atacaram integrantes de equipes que deixavam Interlagos.

O capitão Rodrigo Cabral, da Polícia Militar, afirmou que vai abrir uma sindicância para apurar a denúncia.

Loading...
Revisa el siguiente artículo