Vettel vence com show de Hamilton; Massa é sétimo em sua despedida do GP do Brasil

Por Tercio David - Metro Jornal
Vettel comemora a vitória - Paulo Whitaker/Reuters
Vettel vence com show de Hamilton; Massa é sétimo em sua despedida do GP do Brasil

O vencedor foi o alemão Sebastian Vettel, mas quem deu o show foi Lewis Hamilton. Favorito da torcida em São Paulo, o tetracampeão saiu dos boxes e terminou em quarto lugar no GP do Brasil deste domingo, em Interlagos. O piloto da Ferrari quebrou um jejum que vinha desde a corrida da Bélgica, em julho. Os finlandeses Valtteri Bottas (Mercedes) e Kimi Raikkonen (Ferrari) completaram respectivamente em segundo e terceiro.

Em sua despedida do GP do Brasil, Felipe Massa fez uma corrida brilhante, dentro das limitações de seu Williams, e completou na sétima posição, segurando a pressão final de Fernando Alonso (McLaren) e Sergio Pérez (Force India), oitavo e nono, respectivamente.

Leia também
Massa voltou para ter sua despedida da Fórmula 1
Temporada sem brasileiros vai servir de ‘presta atenção’, diz Barrichello
Doria diz que assalto à Mercedes serve de lição para os próximos anos

Na largada, Daniel Ricciardo, que largava em 14º, tentou uma ultrapassagem arriscada e acabou atingindo em Kevin Magnussen (Renault) e Stoffel Vandoorne (McLaren). A batida acabou provocando a único safety car da corrida. Lá na frente, Vettel tomou a primeira posição do pole Bottas. Raikkonen manteve a terceira posição, com Verstappen em quarto.

Após a bandeira verde e a retomada da corrida, Hamilton iniciou sua escalada do pelotão. Largando dos boxes, o tetracampeão já era sétimo na 13ª volta – com direito a grande ultrapassagem sobre Sergio Pérez (Force India), o que agitou a arquibancada em Interlagos. O autódromo recebeu 141.218 torcedores no fim de semana.

Massa também começou bem a corrida. Largando de nono, o brasileiro já era quinto após as primeiras voltas, caindo somente diante de Hamilton e Ricciardo, que largaram mais atrás e fizeram boas corridas de recuperação.

Na 19ª volta, Hamilton passou Alonso (então sexto) no fim da reta e arrancou aplausos da torcida. Na volta seguinte, o inglês ultrapassou Massa no fim da reta oposta, mas desta vez ficou sem os aplausos da galera. O brasileiro agora era sexto até parar no box, na volta 27.

Após as paradas de Vettel, Bottas, Raikkonen e Verstappen para pneus, Hamilton assumiu a liderança provisória na volta 30, ganhando nada menos que 19 posições. Por ter partido dos boxes, o inglês conseguiu fazer uma primeira "perna" mais longa por ter largado com pneus mais duros que os rivais, que foram obrigados a largar com os compostos dos treinos, mais macios e com durabilidade menor.

Hamilton parou para pneus na volta 43, voltou na quinta posição, mas ainda briga pelas primeiras posições. E foi o que aconteceu na volta 59, quando lutou com Verstappen pela quarta posição e passou.

Nas últimas quatro voltas, o que se viu foi um desesperado Hamilton tentando passar Raikkonen, na disputa pelo pódio.  Mas não deu para o inglês, que ficou de fora do pódio, apesar da boa corrida.

Massa também teve uma bela briga final com Alonso e Pérez. Venceu a disputa, conseguiu um digno sétimo lugar e chegou aos boxes comemorando o resultado.  "Onde quer que você vá, eu vou te apoiar. Te amo pai. Tenho muito orgulho de você", disse no rádio o filho do piloto. logo após a chegada.

A Fórmula 1 volta a se reunir daqui a duas semanas para o GP de Abu Dhabi, o último da temporada 2017, que consagrou Hamilton como tetracampeão e ficou marcada pelo segundo adeus de Massa da categoria.

Confira o resultado da prova:

classificacao f1 Reprodução/Twitter F1
Loading...
Revisa el siguiente artículo