Fluminense vira, mas cede empate ao Coritiba no Maracanã

Por Metro Jornal e Estadão Conteúdo
Lucas Merçon/Fluminense
Fluminense vira, mas cede empate ao Coritiba no Maracanã

O Fluminense conseguiu uma virada relâmpago, mas bobeou e acabou só empatando com o Coritiba, por 2 a 2, nesta quinta-feira. Com o resultado, o Tricolor Carioca chegou a 43 pontos e perdeu a chance de subir na tabela do Campeonato Brasileiro e encostar nos times que brigam por uma vaga na Libertadores.

Já o Coritiba, com 39 pontos, está apenas três à frente do 17º colocado Sport, o melhor classificado dentro da zona de rebaixamento.

O Fluminense fez um primeiro tempo apagado, com exceção dos minutos iniciais, que chegou com perigo em duas oportunidades. Logo de cara, Henrique Dourado colocou na medida para Marcos Junior. O atacante só completou para o gol, mas o árbitro acabou pegando posição irregular e anulou o lance. Na sequência, Wilson fez uma grande defesa no chute de Werley.

A partir daí o Coritiba equilibrou as ações e chegou a envolver o time do Fluminense. Aos 30 minutos, Carleto avançou até a linha de fundo e cruzou para Yan Sasse. O meia pegou de primeira e exigiu grande defesa de Diego Cavalieri.

O Coritiba era melhor nos minutos finais e conseguiu ir em vantagem para o intervalo. Aos 43 minutos, após cobrança de escanteio, Alan Santos desviou e Werley, quase em cima da linha, colocou no fundo das redes.

O Fluminense voltou melhor para o segundo tempo e virou de uma forma relâmpago para cima do Coritiba. Aos nove minutos, em mais uma cobrança de escanteio, Henrique cabeceou e contou com um desvio de Cléber Reis para surpreender o goleiro Wilson: 1 a 1.

A virada foi aos 11 minutos. Lucas fez boa jogada pela direita e cruzou na medida para Henrique Dourado testar firme para o gol – 17.º do artilheiro isolado do Brasileirão. Mas não deu tempo para comemorar. Aos 24, Carleto cobrou escanteio na cabeça de Cléber Reis. O defensor desviou para deixar tudo igual no estádio do Maracanã.

O Coritiba ainda poderia ter saído do Rio de Janeiro com os três pontos. Kleber desperdiçou duas belas oportunidades de fazer o terceiro. Em uma delas, o atacante recebeu de Dodô, mas parou em Diego Cavalieri.

Na próxima rodada, a 34.ª, o Coritiba enfrenta a Ponte Preta neste domingo, às 19 horas, no estádio Couto Pereira, em Curitiba. No mesmo dia e horário, o Fluminense visita o Cruzeiro no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 2 x 2 CORITIBA

FLUMINENSE – Diego Cavalieri; Lucas (Matheus Alessandro), Renato Chaves, Henrique e Marlon; Mateus Norton (Wendel), Douglas, Gustavo Scarpa, Sornoza e Marcos Junior (Wellington Silva); Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga.

CORITIBA – Wilson; Léo, Werley, Cleber Reis e Thiago Carleto; Jonas, Alan Santos, Tiago Real (Dodô) e Yan Sasse (Getterson); Rildo (Kleber) e Henrique Almeida. Técnico: Marcelo Oliveira.

GOLS – Werley, aos 43 minutos do primeiro tempo; Cléber Reis (contra), aos 9, Henrique Dourado, aos 11, e Cleber Reis, aos 24 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Sornoza e Henrique Dourado (Fluminense); Rildo, Getterson e Tiago Real (Coritiba).

ÁRBITRO – Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG).

RENDA – R$ 195.785,00.

PÚBLICO – 9.597 pagantes.

LOCAL – Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Loading...
Revisa el siguiente artículo