Roger faz 1º treino no Botafogo após vencer câncer e comemora 'dia mais especial'

Por Estadão Conteúdo
Luciano Belford/Agif/Folhapress
Roger faz 1º treino no Botafogo após vencer câncer e comemora 'dia mais especial'

Foi uma batalha, mas Roger se saiu bem-sucedido. O centroavante do Botafogo retornou aos treinos na manhã desta terça-feira depois de passar por cirurgia para se curar de um câncer nos rins, diagnosticado em setembro de 2017. E ele quer mesmo jogar partidas oficiais antes do fim do Campeonato Brasileiro, que se encerrará no início do próximo mês.

"Foi um susto né? Mas, graças a Deus, de todos os diagnósticos, o meu era o melhor possível. Foi uma cirurgia simples, rápida. Eu quero jogar as últimas duas ou três partidas do ano. Eu falei com o Jair que vou me preparar para ajudar. Se eu não puder jogar, quero estar com o grupo", declarou Roger, já na última segunda-feira, em entrevista ao canal do ex-jogador Zico no Youtube. O ídolo maior da história do Flamengo, por sua vez, convidou o atacante para o jogo festivo que organizada em todo final de ano no Maracanã.

Nesta manhã de terça, o atacante fez treinos físicos na academia do Botafogo sob orientações do fisiologista Manoel Coutinho e em seguida correu no gramado ao lado do preparador físico do clube, Alex Rites. Pouco depois destas atividades, Roger concedeu entrevista coletiva no Engenhão, onde não escondeu a alegria por estar mais próximo de retornar aos gramados.

"Hoje é o momento mais especial da minha carreira. A gente ganha título, faz grandes jogos… Mas hoje é com certeza o dia mais especial da minha carreira. É um recomeço. Estou curado, saudável e muito feliz", comemorou o atacante, que revelou que nem conseguiu dormir direito na última noite de tão ansioso que estava para retornar aos treinos nesta terça.

Ele fez a revelação ao iniciar a entrevista coletiva, na qual ressaltou: "Primeiramente quero agradecer a Deus por estar aqui com saúde, curado. Muito obrigado por todo o carinho do povo brasileiro. Sempre falo do Deus que cura, dá alegria e me deu chance de voltar a treinar. Estou muito feliz. Quase não dormi nesta noite. Não consegui. Um dia muito especial. 7 de novembro. Começo uma nova carreira".

Roger já marcou dezessete gols no ano, alguns em momentos importantes na Libertadores e Copa do Brasil. No Brasileirão, tem dez gols, sendo o quinto maior goleador da competição. Atualmente, o Botafogo está em sexto lugar no torneio nacional, com 48 pontos, e briga por uma vaga direta na Libertadores. O contrato do atacante é válido até dezembro de 2017, e ainda não foi renovado.

RETORNO SEM PRESSA – Apesar da importância que tem para o Botafogo e da vontade de poder voltar a atuar, Roger enfatizou que não vai apressar o seu retorno aos gramados, pois ainda precisa recuperar a condição física para poder jogar. E deixou claro que ainda levará pelo menos duas semanas para ficar à disposição do técnico Jair Ventura.

"Não estou projetando nada para agora. Quero fazer o máximo de treinos possíveis até a próxima semana, para que eu me sinta melhor. A partir da próxima semana a gente projeta o retorno. A minha maior alegria é saber que estou curado e recuperado. Não tenho nenhuma restrição, nenhum remédio. Estou livre e tranquilo Preciso de 15 dias. É o mínimo que preciso para treinar", avisou o atacante.

Ainda sem saber quando poderá voltar a contar com Roger, o Botafogo voltará a atuar pelo Brasileirão nesta quarta-feira, às 21 horas, contra o Sport, na Ilha do Retiro, em Recife, na abertura da 33ª rodada da competição.

Loading...
Revisa el siguiente artículo