Hamilton volta a deixar Vettel para trás no 2º treino livre nos EUA

Por Estadão Conteúdo
Hamilton novamente deixou Vettel para trás - Clive Mason/Getty Images
Hamilton volta a deixar Vettel para trás no 2º treino livre nos EUA

O inglês Lewis Hamilton voltou a mostrar força no segundo treino livre do GP dos Estados Unidos de Fórmula 1, na tarde desta sexta-feira. O piloto da Mercedes cravou o melhor tempo desta nova sessão e deixou o alemão Sebastian Vettel novamente para trás. Somente o piloto da Ferrari poderá evitar o título de Hamilton neste fim de semana no Circuito das Américas, em Austin.

Verstappen renova contrato com Red Bull por mais três anos

Sob calor e pista seca nesta sessão, ao contrário do tempo úmido e asfalto molhado no começo do dia, Hamilton liderou o treino ao marcar 1min34s668. Ele foi quase dois segundos mais veloz do que no primeiro treino, quando pilotou sua Mercedes com os pneus supermacios. À tarde, os compostos usados foram os ultramacios, naturalmente mais rápidos.

Como aconteceu na sessão inicial do dia, Vettel foi novamente meio segundo mais lento que seu principal rival na briga pelo título. O alemão, que chegou a rodar na pista e parar na caixa de brita, anotou 1min35s192 e foi o terceiro colocado do treino, atrás também do holandês Max Verstappen, da Red Bull, com 1min35s065.

O rendimento abaixo de Hamilton deve levar a Ferrari a fazer bruscas mudanças no carro para o treino classificatório, no sábado. Vettel é o único do grid que pode impedir o título antecipado de Hamilton se chegar ao menos na quinta colocação na corrida de domingo, mesmo que o rival vença a prova.

Se o inglês chegar na frente e Vettel terminar em sexto ou em colocação pior, o tetracampeonato de Hamilton estará garantido, com três etapas de antecedência – a temporada ainda terá as provas do México, Brasil e Abu Dabi. Os números estão em favor do inglês, que venceu nada menos que quatro das cinco corridas já disputadas em Austin.

Também com os pneus ultramacios (que dominou o segundo treino livre), o finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes, foi o quarto mais veloz da sessão, com 1min35s279. O australiano Daniel Ricciardo (1min35s463), da Red Bull, e o finlandês Kimi Raikkonen (1min35s514), da Ferrari, também correram abaixo da marca de 1min36s.

Sem conseguir entrar na pista no primeiro treino livre, o espanhol Fernando Alonso surpreendeu ao registrar o sétimo tempo com sua McLaren. Após enfrentar problemas técnicos, ele anotou o 1min36s304. O brasileiro Felipe Massa, da Williams, veio logo atrás, com 1min36s460.

Os carros da Force India completaram o Top 10. O mexicano Sergio Pérez, com 1min36s481, e o francês Esteban Ocon, com 1min36s490, ficaram em nono e décimo lugares, respectivamente.

O grid de largada no Texas será definido no treino classificatório deste sábado, às 19 horas (horário de Brasília). No domingo, a largada da corrida está agendada para as 17 horas.

Loading...
Revisa el siguiente artículo